Um em cada três mulheres no mundo sofre violência física ou sexual, e cenário deve piorar com a pandemia, diz OMS

Mulheres enfrentam dificuldades para prestar queixa, alerta FBSP


0
Foto: Marcos Santos / Reprodução

Um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) publicado nesta terça-feira (9) alerta que um terço das mulheres no mundo, o equivalente a 736 milhões de vítimas, sofrem violência física ou sexual ao longo da vida.

O documenta ressalta, contudo, que a estimativa não reflete o impacto negativo da pandemia de Covid-19 sobre a população feminina. Segundo a OMS, a violência começa cedo na vida das mulheres: 1 em cada 4 adolescentes e jovens, entre 15 anos e 24 anos, que esteve em um relacionamento, já sofreu violência de um parceiro íntimo.

O parceiro íntimo, aliás, é o principal agressor quando se fala em violência contra as mulheres: das 736 milhões de vítimas que sofrem com o problema, 641 milhões delas são agredidas e violentadas pelo próprio marido, namorado ou companheiro.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui