Amizade inusitada: cão e ganso dormem, brincam e passeiam juntos em Colinas

Onde um vai o outro vai atrás. Recentemente a ave se perdeu no Centro da cidade e foi preciso buscar o cão para conseguir levar o ganso novamente para casa


0
Amigos inseparáveis, Scooby senta e o ganso fica ao seu lado (Foto: Gabriela Hautrive)

A amizade é uma relação afetiva entre os indivíduos, é o relacionamento que as pessoas têm de afeto e carinho uma pela outra. O sentimento de lealdade e proteção pode existir entre homens e mulheres, irmãos, namorados, maridos e até mesmo entre os animais, como é o caso do Sbooby e seu amigo ganso. O cão e a ave são inseparáveis, onde um vai o outro vai atrás. Eles brincam e dormem juntos, formando uma relação de afeto inusitada. Os animais pertencem à família de Franciele Vanzin Alves da Silva, composta por ela, seu esposo Joel Alves e os dois filhos do casal: Samuel, de 14 anos, e Vitória, de 11.


OUÇA A REPORTAGEM

 


Franciele Vanzin Alves da Silva e os animais de estimação (Foto: Gabriela Hautrive)

Recentemente, a família saiu de Mato Leitão e foi morar em Colinas, mas não sabia que em pouco tempo, o Scooby e o ganso já fariam sucesso na cidade ao acompanhar as crianças no caminho para a escola, como conta Fran. “O Scooby foi e o ganso seguiu ele, então meu filho mandou mensagem e disse que eles estavam na parada do ônibus. Eu fui atrás, eles já estavam no Centro de Colinas.”

Porém, ao chegar no local, Fran localizou o ganso perdido, pois o cachorro já havia voltado para casa, e ninguém conseguia pegar ele. “Eu disse para os vizinhos que ia buscar o cachorro porque daí o ganso viria e os vizinhos falaram que não, pois ele iria matar o ganso, mas avisei que eram amigos. Fui para casa, peguei o Scooby e assim que o ganso viu ele, saiu correndo e veio para casa comigo”, conta.

O episódio virou assunto entre os vizinhos e colegas da escola, como relata a filha do casal em áudio enviado para a mãe logo depois do ocorrido. “Na minha turma era todo mundo perguntando se o ganso e o cachorro eram meus”, disse a menina. Até no dia em que a família fez a mudança, de Mato Leitão para Colinas, a amizade dos animais foi protagonista. “Estávamos preocupados de como iríamos pegar o ganso, mas foi só a Vitória (filha) entrar no carro com o Scooby que o ganso pulou junto”, lembra Fran. A relação de afeto entre os animais é algo que nunca foi forçado pelos tutores e surgiu ao natural, com um se aproximando do outro desde filhotes.

Franciele conta que o cão ficava em um canil e o ganso se aproximava e dormia em frente ao local. “Um dia, nossa filha soltou o Scooby e ficamos com medo que ele iria machucar o ganso, mas depois percebemos que na verdade eles estavam brincando.” Desde então, os dois são inseparáveis, onde um vai o outro vai atrás. “Brincam e dormem juntos no pátio, inclusive o Scooby deita e o ganso coloca o pescoço por cima dele”, acrescenta.

Para que os dois não voltem a circular pelas ruas da cidade, o que a família considera perigoso por conta dos veículos, o procedimento na hora de sair de casa precisou mudar. “Eu tenho que prender o Scooby quando as crianças vão para a escola, pois se ele não sai o ganso também não vai”, explica.

A família ainda tem um outro cão, o Scote, mas com esse o ganso não tem afinidade. A amizade dele é apenas com o Scooby. Logo cedo, pelas 5h40, quando o esposo de Fran sai para trabalhar, eles já começam a interagir e todos os dias escrevem novas histórias, seja fugindo e passeando pelas ruas de Colinas, ou então brincando e dormindo juntos no pátio de casa. O certo é que os animais ensinam uma lição de afeto e amizade, envolvendo espécies que são completamente distintas, mas ao mesmo tempo muito semelhantes e fiéis.

Assista o vídeo 

Amizade entre animais de espécies diferentes

Conforme o portal Meus Animais, é frequente vermos animais brincando e interagindo entre eles, o que nos faz pensar em uma relação de amizade. Porém, o conceito pode ir além. Tradicionalmente, os cientistas não se sentem confortáveis falando de uma verdadeira amizade entre animais, mas cada espécie cria uma relação de forma diferente. Um bom exemplo de amizade entre animais é identificada nos primatas, que oferecem uma interessante relação entre machos e fêmeas e que é muito mais profunda que a simples busca por um parceiro para cruzar.

Os golfinhos-nariz-de-garrafa, quando machos, são um dos melhores exemplos das possíveis amizades no mundo animal. Estes mamíferos aquáticos se organizam em duplas, trios ou em pequenos grupos que podem durar vários anos. Podem chegar a ajudar os seus companheiros a cortejar uma fêmea, com a curiosidade de que não exista nenhuma competição entre eles. O caso dos morcegos também é significativo, porque eles se ajudam entre eles de uma forma totalmente desinteressada.

 Scooby e o ganso passam o dia brincando

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui