Criado a partir de uma página no Facebook, o grupo Uma Por Todas, Todas Por Uma, saiu do plano virtual na tarde desta terça-feira (25). Encontro ocorrido na Casa de Cultura de Estrela reuniu as idealizadoras do grupo e representantes de entidades constituídas do município.

De acordo com uma das integrantes, Bruna Geller, o objetivo do primeiro encontro foi explicar o objetivo do grupo e definir um plano para futuras ações. “Hoje a reunião é fechada para tratarmos de assuntos internos, mas pretendemos realizar um encontro por mês, aberto para todos os interessados. Nosso objetivo é debater meios de combate a violência doméstica, praticada contra a mulher”, resume.

Foto: Divulgação

A página na rede social está no ar a pouco mais de duas semanas, mas já conta com mais de 600 participantes. “O movimento ganhou força após os casos de violência doméstica registrados nos últimos dias”, revela Bruna.

Na semana passada em Estrela, uma mulher foi morta a tiros pelo ex-companheiro, e em Teutônia, a vítima teve a mão amputada depois de receber um golpe de foice, desferido pelo marido. Para mais informações, o acesse a página do grupo no Fecebook. LF

ouça a reportagem

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui