União Europeia pretende banir carros a combustão em 2035

Anunciadas pela Comissão Europeia em 2021, propostas serão negociadas com Parlamento Europeu


0
Foto: Divulgação

Os ministros do Meio Ambiente dos 27 estados membros da União Europeia fecharam na madrugada desta quarta-feira (29) um acordo para aprovar uma série de medidas de combate às mudanças climáticas. O encontro ocorreu em Luxemburgo e durou mais de 16 horas. As decisões incluem o fim da venda, a partir de 2035, de veículos novos, de pequeno porte, movidos a combustíveis fósseis.

Os ministros concordaram em resoluções que visam reduzir as emissões de gases de efeito estufa do bloco em 55% até 2030. O acordo sobre cinco leis propostas em junho do ano passado pela Comissão abre caminho para as negociações finais com o Parlamento Europeu. Os legisladores da UE apoiam metas ambiciosas em todo o bloco e a aprovação final do pacote legislativo exigirá agora que o Parlamento resolva divergências com os governos nacionais sobre vários detalhes.

A ministra francesa da Transição Ecológica, Agnès Pannier-Runacher disse que “este constitui um grande desafio para a indústria automobilística”. Mas salientou também que esta é uma “necessidade”, face à concorrência chinesa e americana, que têm apostado fortemente nos veículos elétricos, considerados o futuro da indústria.

A pedido de alguns países, como Alemanha e Itália, os ministros concordaram em aceitar a futura admissão de tecnologias alternativas, como combustíveis sintéticos ou motores híbridos recarregáveis, contanto que estes sejam de emissão neutra.

Fonte: DW Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui