União reconhece situação de emergência de Bom Retiro do Sul devido à enchente

Os prejuízos estimados são de aproximadamente R$ 4,8 milhões. Moradores atingidos poderão receber recursos do governo federal.


0
Foto: Fernando Dias / Divulgação

O Ministério do Desenvolvimento Regional e a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do governo federal reconheceram nesta sexta-feira (7), pelo Diário Oficial da União, a situação de emergência de Bom Retiro do Sul em função das inundações do Rio Taquari no início do mês de julho.

A situação de emergência foi decretada pelo município em 9 de julho e reconhecida pelo governo do RS em 31 de julho. As áreas atingidas no município pelas cheias foram em parte da área urbana nos Bairros Goiabeira e Centro Cidade-baixa e em parte da área rural, nas localidades de Pedreira, Beira do Rio, Barra do Silva Jorge, Faxinal Silva Jorge e Faxinal João da Costa. Os prejuízos estimados são de aproximadamente R$ 4,8 milhões.

A cheia prejudicou cerca de 300 agricultores. Prejuízos também foram registrados em cerca de 20 residências na área rural e 10 na zona urbana com danos nas estruturas.

Os moradores atingidos pela enchente poderão fazer o saque do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS) junto à Caixa Econômica Federal. O processo de cadastro do município e dos atingidos está sendo feito pela Administração junto à Caixa. Após a liberação pelo banco, os munícipes atingidos receberão o atestado para solicitar o saque do FGTS pelo Aplicativo FGTS CAIXA. Eles serão avisados individualmente. AI/RS

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui