Unimed cria plano de contingência para desafogar emergências de hospitais

Estruturas estarão abertas de segunda a sexta-feira, das 17h às 23h, e nos sábados e domingos, das 8h às 22h.


0
Sintomas podem se manifestar entre 2 e 14 dias depois de a pessoa contrair o vírus (Foto: Getty Images)

A Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo (Unimed VTRP) está criando mais uma alternativa para desafogar as emergências dos hospitais de Lajeado, Santa Cruz do Sul e Venâncio Aires. A partir das 17h desta quinta-feira(25), passam a funcionar ambulatórios para atendimentos de baixa complexidade nestes três municípios.

O local atenderá clientes conveniados e de intercâmbio (outras Unimed). Assim, os pacientes atendidos nas emergências dos hospitais destes três municípios, e classificados como azul ou verde na triagem da enfermagem, serão encaminhados para o Ambulatório Unimed. As estruturas estarão abertas de segunda a sexta-feira, das 17h às 23h, e nos sábados e domingos, das 8h às 22h.

Saiba como vai funcionar:

Lajeado

Os clientes devem se dirigir à emergência do Hospital Bruno Born. Após a triagem, os casos não urgentes ou pouco urgentes (classificação azul ou verde) serão direcionados para a estrutura da Unimed VTRP, localizada no na Av. Alberto Müller, 1151, Prédio 22 da Univates;

Venâncio Aires

Neste momento, a emergência do Hospital está fechada devido ao alto volume de atendimentos. Os clientes que necessitarem de atendimento médico presencial, devem se dirigir diretamente à estrutura da Unimed VTRP, na Rua Reinaldo Schmaedecke, 1175;

Santa Cruz do Sul

Os Clientes devem se dirigir às emergências dos hospitais Ana Nery e Santa Cruz. Após a triagem, os casos não urgentes ou pouco urgentes (classificação azul ou verde) serão direcionados para a estrutura da Unimed VTRP, localizada no Núcleo de Atendimento, Rua Sete de Setembro, 561 (antigo Keller Niedersberg).

Consultas online

A Unimed também está disponibilizando atendimentos de forma virtual. Clientes que estiverem com sintomas de Covid-19 devem fazer uma consulta em vídeo, por meio do link https://www.unimedvtrp.com.br/pavirtual.

Após avaliação, os profissionais fornecerão orientações sobre como proceder. Nos casos mais leves, a orientação é para que as pessoas fiquem em casa. Nos demais casos , os médicos indicarão se o cliente deve ir até o Ambulatório Unimed ou procurar atendimento hospitalar.

Saiba como funciona o protocolo das cores

O método classificação por cores, o Protocolo de Manchester, classifica os pacientes com base em sinais e sintomas:

VERMELHO: EMERGÊNCIA

É destinada aos pacientes que se encontram em estado gravíssimo e com risco de morte, os quais necessitam de atendimento imediato, como quadros de queimadura em mais de 25% do corpo, problemas respiratórios, dor no peito relacionada à falta de ar, crises de convulsão, trauma cranioencefálico, tentativa de suicídio, parada cardiorrespiratória, hemorragias incontroláveis, entre outros.

LARANJA: MUITO URGENTE

Essa cor é para casos considerados muito urgentes e com risco significativo de morte. O tempo de espera aproximado é de até 10 minutos. Abrange casos, como arritmia cardíaca sem apresentação de sinais de instabilidade, cefaleia intensa com rápida progressão, dores severas, etc.

AMARELO: URGENTE

Abrange os casos urgentes de gravidade moderada com necessidade de atendimento médico, mas sem riscos imediatos. O tempo médio de espera é de até 60 minutos e classifica casos, como desmaios, dor moderada, vômito intenso, crises de pânico, hemorragia moderada, picos de hipertensão, alteração dos sinais vitais, entre outros quadros clínicos.

VERDE: POUCO URGENTE

A cor verde é para casos considerados menos graves. O tempo de espera pode ser de até 2 horas e abrange pacientes com dores leves, torcicolo, enxaqueca, estado febril sem a presença de alterações vitais, resfriados e viroses, náuseas e tonturas, hemorragia controlada, asma não diagnosticada como quadro de crise, etc.

AZUL: NÃO URGENTE

Por fim, a cor azul representa a classificação mais simples para casos que o paciente pode aguardar atendimento ou ser encaminhado para outra unidade de saúde. O tempo de espera pode ser de até 4 horas e envolve pacientes com queixas de dores crônicas, aplicação de medicação com receita, troca de sondas, entre outros.

No Ambulatório Unimed, os atendimentos serão realizados para pacientes com classificações que se enquadram nas cores verde e azul. AI/VM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui