Univates e Governo do Estado firmam acordo para ofertar bolsas de estudos a apenados

Evento contou com presença do governador Eduardo Leite na manhã desta quinta-feira (23) no Teatro Univates


0

Cinco apenados do sistema prisional da região terão oportunidade de receber bolsas de estudos para estudarem na Universidade do Vale do Taquari (Univates), através de uma parceria firmada na manhã desta quinta-feira (23) entre o Estado e a instituição de ensino, em cerimônia realizada no Teatro Univates com a presença do governo do Estado, Eduardo Leite (PSDB). Conforme a delegada regional da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), Samantha Longo, as oportunidades estarão disponíveis a partir de março de 2022 e serão ofertadas a todos que cumprem penas no Vale do Taquari: presídios estaduais de Lajeado, Arroio do Meio e Encantado.


ouça a fala do governador

 


Em seu pronunciamento, o governador celebrou a parceria e disse que o apenado precisa cumprir sua pena em duplo caráter. “A restrição efetiva da liberdade como punição, que é importante, e o de ressocialização, uma vez que não temos no Brasil pena de morte, não temos prisão perpétua, todos os apenados voltarão ao convívio social e é de interesse da sociedade que voltem melhores”, relatou.

Também frisou que todo o investimento que se faz no sistema prisional para dar dignidade aos apenados é alvo de crítica na sociedade. “Em primeiro lugar, uma visão que não respeita a dignidade da vida humana, e em segundo lugar, egoísta e burra, porque no final das contas, a própria sociedade arcará com um tratamento inadequado aos apenados.”

Governador do Estado do RS, Eduardo Leite (Foto: Gabriela Hautrive)

O investimento e a parceria se tornam importantes para que haja ressocialização e os apenados não voltem para o crime, segundo Leite. “Eu tenho a satisfação de poder liderar um governo que agora, com capacidade fiscal, retoma os investimentos e reporta quase meio bilhão de investimentos para o nosso sistema prisional até o ano que vem”, ressalta.

A reitora da Univates, Evania Schneider, falou que o momento é muito importante para a universidade que completou 50 anos em 2021 e tem em um dos seus princípios a responsabilidade social. “Realizar ações e projetos, incluindo práticas educacionais, sociais e culturais, envolvendo o sistema prisional, apenados servidores e familiares”, completa.


ouça a fala da reitora da univates

 


Prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo (Foto: Gabriela Hautrive)

O prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo, falou sobre os índices de criminalidade em Lajeado que estão diminuindo e podem chegar a marcas históricas.

“Nossos índices de homicídio estão atingindo o melhor número em 20 anos, se não tivermos nenhum crime até o final do ano, atingiremos esse número e voltaremos a esse patamar nos dias de hoje”, relata.

Tudo isso é possível graças a um sistema que se preocupa com todos os tipos de delitos, desde o menor potencial ofensivo ao maior, refletindo também na ressocialização dos apenados. “O relato das parcerias que o município tem com todas as possibilidades de mão de obra que o sistema prisional nos oferece são altamente satisfatórias.”


ouça a fala do prefeito

 


Secretário de Justiça e Sistemas Penal e Socioeducativo do RS, Mauro Hauschild (Foto: Gabriela Hautrive)

O secretário de Justiça e Sistemas Penal e Socioeducativo do RS, Mauro Hauschild, também participou do evento e falou sobre dar continuidade para projetos como esse, entre a Univates e o Estado, que além de fazer com que as pessoas cumpram suas penas, elas possam ter um tratamento penal adequado, com trabalho, saúde e educação.

Também participaram do momento o presidente da Fundação do Vale do Taquari de Educação e Desenvolvimento Social (Fuvates), Ney José Lazzari; deputado estadual Mateus Wesp; secretário de Desenvolvimento Econômico do RS, Edson Brum, agentes da Policia Civil, Susepe, Brigada Militar, além de demais autoridades locais e estaduais.

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br