Univates e Prefeitura de Colinas criam ambulatório para atendimento geriátrico na cidade

Estudantes e profissionais da área da Medicina da Universidade apoiarão o serviço público


1
Foto: Divulgação

A Univates e a Prefeitura de Colinas firmaram um termo de parceria na última terça-feira (24), com o objetivo de oferecer gratuitamente à população acima de 60 anos da cidade atendimentos, avaliações e tratamento para doenças agudas ou crônicas referenciadas pelo município.

Por meio do termo de parceria está instituído o Ambulatório Saúde do Idoso de Colinas, no qual atuarão estudantes do 8º semestre do curso, do módulo de Clínica Médica, que abordam a especialidade de Geriatria. Com a iniciativa, a Universidade auxilia o município em mais uma frente de trabalho – recentemente estudantes da rede pública de Colinas passaram a usar a estrutura do Complexo Esportivo da Univates para atividades físicas.

O Ambulatório

Estudantes matriculados no 8º semestre do curso de Medicina realizarão, acompanhados de docentes e preceptores da Univates, os atendimentos à população na rede municipal de saúde. Colinas tem cerca de 30% da população com 60 anos ou mais, o que representa aproximadamente 730 pessoas. Conforme as autoridades municipais presentes, ações de promoção à saúde e melhoria da qualidade de vida desse segmento da população são necessidades de Colinas.

O evento foi acompanhado por autoridades da cidade e da Univates, por estudantes e professores do curso de Medicina e também pela equipe da Secretaria de Saúde municipal. “Aqui em Colinas estamos preocupados com a vida das pessoas”, afirmou o prefeito de Colinas, Sandro Herrmann, citando outros projetos em curso organizados pela administração municipal para a área da saúde. Numa fala direcionada aos estudantes, Herrmann destacou o aprendizado que uma iniciativa que une a sala de aula com a prática pode proporcionar. “Quero incentivá-los a tornar esse projeto tão importante para a formação de vocês quanto está sendo para a cidade de Colinas”. Ele finalizou sua fala saudando como muito positiva a aproximação da Universidade com as administrações municipais do Vale do Taquari.

A reitora da Univates, professora Evania Schneider, também falou aos presentes. Para ela, “uma Universidade não existe sem estudantes e sem a sua comunidade. Que bom que a gente pode estimular essa relação entre eles e modificar realidades positivamente”, relatou. Evania abordou em sua fala a realização do CRIE Smart Cities pela Univates. “Estamos discutindo cidades inteligentes. Uma cidade inteligente se preocupa com a sua população. Com Colinas, já temos um trabalho voltado às crianças. Agora a Univates está assinando mais uma parceria com uma cidade inteligente que está preocupada com os seus idosos. Essas são iniciativas de impacto”.

A secretária de Saúde, Assistência Social e Habitação de Colinas, Angelita Herrmann, afirmou que o município tem como perspectiva a busca de um atendimento diferenciado. “Estamos falando de 30% da nossa população. Agradeço à nossa equipe e à Universidade, que acreditaram na nossa ideia inovadora”, comentou. Angelita revelou que, recentemente, esteve com a secretária da Saúde do Rio Grande do Sul, Arita Bergmann, que parabenizou a iniciativa como um passo importante na melhoria da qualidade de vida da população idosa. “Este é o caminho”, disse Angelita.

Conforme a articuladora da área de Ciências Médicas da Univates, professora Maria Isabel Lopes, a parceria é inédita para o curso. “Estamos criando um Ambulatório de Especialidade em outro município. A iniciativa vai promover mais contribuições da Univates para a área da saúde no Vale do Taquari, e também qualificar a formação dos acadêmicos, ao aproximá-los da realidade local”, avalia..

Como vai funcionar

As práticas acontecerão na estrutura de saúde de Colinas, em parceria com os profissionais do município, a partir de setembro. A manhã da terça-feira marcou o início das atividades, com aula proferida pelas professoras Camila Furtado de Souza e Caroline Reis Gerhardt, especialistas em Medicina de Família e Comunidade.

Não serão realizados atendimentos de urgência e emergência, apenas os atendimentos de nível ambulatorial. O convênio com Colinas oferece aos estudantes da Univates mais um cenário de prática para as atividades do curso de Medicina.

Os exames

Os exames que serão disponibilizados são: eletrocardiograma, espirometria, exame Holter, Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial (MAPA), radiografia e ultrassonografia – possibilidades oferecidas pela Universidade por meio do Centro Clínico do Saúde Univates.

O termo prevê a realização de até 50 exames por mês, com a possibilidade de exames adicionais serem realizados por meio do convênio do município com o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Rio Taquari (Consisa VRT), que também é parceiro do Saúde Univates. AI/VM

 

1 comentário

  1. Que projeto interessante, a administração de Colinas está de parabéns. Que os futuros médicos consigam dar o melhor de si e ajudar a população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui