Univates e Tribunal de Justiça do Estado do RS inauguram Núcleo de Superendividamento

Serviço é oferecido através do Escritório do Consumidor


0
Marta Luisa Piccinini e Alice Schimidt em entrevista ao Panorama (Foto: Fernanda Kochhann)

A Universidade do Vale do Taquari (Univates) e o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (TJ-RS)disponibilizam à população regional um espaço para atendimento à pessoas superendividadas. O Núcleo de Superendividamento está associado ao projeto de extensão Escritório do Consumidor (Econ), desenvolvido pelo curso de Direito da Univates. A cooperação terá validade inicial de 36 meses.


ouça a entrevista

 


Em entrevista ao Panorama desta segunda-feira (25), a professora e coordenadora do Serviço de Assistência Jurídica (Sajur), Marta Luisa Piccinini, salienta que a demanda surgiu a partir das percepções obtidas no Econ. De acordo com Marta, o superendividamento foi acentuado pela pandemia, com a perda de empregos e a impossibilidade de quitação e dívidas.

A professora e coordenadora do curso de Direito da Univates, Alice Schimidt, explica que o superendividamento acontece “quando a pessoa tem comprometido o mínimo existencial”, ou seja, quando tem 70% ou mais dos rendimentos reservados para o pagamento de dúvidas.

Segundo as professoras, o idoso é público mais atingido pelo superendividamento. Muitas vezes, essas pessoas contratam créditos consignados e não conseguem pagar os valores. Em contrapartida, as docentes afirmam que as dívidas envolvendo o cartão de crédito não aparecem em grande quantidade no Econ.

Serão agendadas sessões de conciliação que poderão ocorrer de forma remota ou na sede a Univates, de forma presencial. Interessados podem entrar em contato através do e-mail econ@univates.br ou agendar um horário através do telefone (51) 3714-7038.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui