Vacina chinesa CoronaVac pede autorização de uso emergencial no Brasil

A pretensão do governo paulista é de iniciar a imunização no dia 25 de janeiro.


0
Este é o primeiro pedido de vacina contra a pandemia no Brasil | Foto: Wang Zhao/AFP

O governo de São Paulo anunciou nesta quinta-feira a oficialização do pedido de autorização para o uso emergencial da vacina chinesa CoronaVac contra a Covid-19, a fim de iniciar a imunização no dia 25 de janeiro.

Este é o primeiro pedido de vacina contra a pandemia no Brasil, onde o coronavírus já matou quase 200 mil pessoas. “É um momento histórico”, disse o governador João Doria, especificando que o imunizante teve “eficácia de 78% a 100%” nos ensaios clínicos realizados no país. Para o governador, “o objetivo é fornecer a vacina para todo o Brasil por meio do Ministério da Saúde”. “Vacina do Butantan é a vacina de São Paulo”, disse o governador durante entrevista coletiva realizada no instituto. “Vacina de São Paulo é a vacina do Brasil”, completou o tucano.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui