Vacina contra a gripe e reforço contra a covid-19 tem baixa procura em Lajeado

Vigilância epidemiológica faz apelo para que comunidade atualize esquema vacinal


1
Coordenadora epidemiológica de Ljeado, Juliana Demarchi (Foto: Maria Eduarda Ferrari)

A coordenadora epidemiológica de Lajeado, Juliana Demarchi, relata que a procura pelas vacinas contra gripe e as doses de reforço contra a covid-19 vêm tendo baixa procura pela população lajeadense.

Ao Panorama desta quinta-feira, Juliana explica que houve uma busca significativa pelas duas primeiras doses contra o coronavírus, chegando a 90% da cobertura vacinal. Entretanto, o mesmo não acontece com as doses de reforço. A busca entre adolescentes e crianças também é menor, permanecendo em cerca de 20%, o que desperta a preocupação dos setores públicos.

De acordo com a profissional da área epidemiológica, a vacinação contra o vírus da influenza também está abaixo do ideal. A previsão era de uma cobertura vacinal de 90%, mas no momento está apenas em 51% nos grupos prioritários.

O objetivo da vacinação é prevenir novos surtos das doenças. Conforme Juliana, a estabilidade dos casos graves de ambas as doenças pode explicar a baixa procura pelas vacinas. Ainda assim, a coordenadora cita que entre todos os grupos “a população idosa é mais preocupada e busca sua imunização”.

Vacinas contra covid-19

  • pessoas com mais de 40 anos precisam ter o esquema vacinal com 4 doses: duas doses iniciais e duas doses de reforço, com quatro meses de diferença entre elas. A única exceção fica para as pessoas que receberam a vacina Janssen que precisam fazer apenas três doses;
  • pessoas dos 12 aos 39 anos devem ter 3 doses aplicadas;
  • crianças dos cinco aos 11 devem ter as duas primeiras doses aplicadas.

Vacina contra a gripe

  • as doses estão disponíveis para toda a população.

Saiba mais

No momento da imunização, o indivíduo não pode apresentar sintomas gripais. Em caso de diagnóstico de covid-19, será necessário aguardar 30 dias para a aplicação a vacina.

Os imunizantes contra a covid-19 estão disponíveis nos postos de saúde do Centro e São Cristóvãso. Já as vacinas contra a gripe podem ser encontradas em todos os postos de saúde do município.

O horário de atendimento do posto do Centro foi estendido até o final de julho, permanecendo aberto ao meio-dia e encerrando o expediente às 18h. Além disso, no primeiro sábado de cada mês o posto do Centro estará aberto das 8h às 14h.

1 comentário

  1. Tem que perguntar pro secretário de saúde de Lajeado por que essa procura está tão baixa. Já que ele dá entrevista questionando a eficácia das vacinas (em pleno julho de 2022)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui