Vacinação contra a aftosa encerra nesta semana

Inspetoria Veterinária de Lajeado já imunizou 75% do rebanho na microrregião.


0
Foto: Luís Fernando Wagner

A campanha nacional de vacinação contra a febre aftosa 2017 encerra na quarta-feira (31), no Rio Grande do Sul. Na área de abrangência da Inspetoria Veterinária com sede em Lajeado, 60 mil cabeças de bovinos precisam receber a imunização. “Até o momento já vacinamos 75% do nosso rebanho”, comenta o Técnico Agrícola Márcio Delavechia.


Ouça a reportagem


O Estado preconiza meta de 95% do rebanho vacinado. Além de Lajeado, a Inspetoria local é responsável pelos municípios de Sério, Boqueirão do Leão, Marques de Souza, Progresso, Canudos do Vale, Cruzeiro do Sul, Forquetinha e Santa Clara do Sul.

Delavechia explica que a vacina é importante para manter o rebanho em condições de comercialização. “A aftosa, além de debilitar o animal, pode trazer riscos para a saúde do ser humano, além de inutilizar os animais para a venda, o que repercute negativamente na economia, uma vez que somos grandes exportadores de carne”.

O Técnico Agrícola alerta para a obrigação da vacina. “O produtor que não vacinar o seu rebanho está sujeito a penalidades. Para preceder com a imunização, o criador precisa comprar a vacina e nós da Inspetoria nos encarregamos da aplicá-la”.

O Rio Grande do Sul é considerado livre de aftosa com vacinação. “É Possível que a campanha seja prorrogada, porém, essa informação ainda não é confirmada pelo Governo do Estado”, admite Delavechia.

Após vacinar seu rebanho, o produtor tem prazo até o dia 6 de junho para comprovar a imunização. Para tal, é necessário levar o comprovante de compra da vacina até a Inspetoria Veterinária, situada na Travessa da Paz, no bairro Florestal. LF

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui