Vacinação em Estrela alcança faixa etária dos 45 anos neste sábado

A etapa é mais uma vez realizada no Parque Princesa do Vale


0

É realizado neste sábado (19) mais um mutirão de vacinação contra a Covid-19 em Estrela. A etapa, além dos já tradicionais grupos prioritários alcançados em outras sessões, tem como novidade uma nova faixa etária. Agora, pessoas com 45 anos ou mais poderão buscar a primeira dose da imunização. Ao todo, o Governo de Estrela, através da Secretaria Municipal de Saúde, já oportunizou a vacinação a 12.799 cidadãos com a primeira dose (D1) e 5.556 com a segunda dose (D2). Considerando a população estimada do município acima dos 18 anos, o montante representa mais de 41% do total. Número que deverá crescer significativamente neste sábado.

A etapa é mais uma vez realizada no Parque Princesa do Vale, no modelo drive-trhu, das 8h às 12h, ou enquanto durar o estoque de vacinas dentro deste prazo. Quem for a pé será vacinado a partir das 9h, quando será organizada uma fila e mantido o distanciamento social. Entre as exigências para todos, ir com máscara, mesmo quem estiver nos veículos. Levar identidade ou CPF e comprovante de residência. Voluntários do Lions ajudarão mais uma vez no cadastramento dos candidatos à vacina e na arrecadação de alimentos.

A etapa deverá registrar grande movimento. No último sábado, quando a faixa de idade limite baixou para os 50 anos, ocorreu a maior sessão até então, com mais de 1,2 mil pessoas buscando a imunização. Entre essas muitas de outros grupos prioritários que já tinham tido outras oportunidades. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, é difícil prever o número de pessoas que buscarão receber a primeira dose, pois se por um lado aumenta a população conforme baixa a faixa etária, aumenta também o número de pessoas que se encaixam em outras classes já vacinadas, como motoristas profissionais e professores. Ainda assim, a Equipe de Saúde envolvida calcula que a procura seja grande.

Além das com 45 anos ou mais, podem comparecer profissionais da saúde; professores; motoristas profissionais; estrelenses com comorbidades acima dos 18 anos; Síndrome de Down; quem esteja convivendo com HIV/Aids; ou deficiência permanente. Para pessoas com comorbidades e demais especificidades é exigida receita médica atualizada (últimos 6 meses) ou laudo médico que comprove a mesma (com CID, especificada a patologia). AI/RC


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui