Vacinas reduzem risco de hospitalização por covid na Escócia

Resultados são de um estudo amplo realizado no país desde o início da aplicação dos imunizantes da Pfizer/BioNTech e Oxford.


0

A campanha de vacinação da Escócia parece estar reduzindo acentuadamente o risco de hospitalizações por covid-19, o que leva a crer que as vacinas Pfizer/BioNtech e Oxford/AstraZeneca são altamente eficientes na prevenção de infecções graves, mostraram conclusões preliminares de um estudo nesta segunda-feira (22).

Os resultados do estudo, que cobriu toda a população escocesa de 5,4 milhões de habitantes, mostraram que, quatro semanas após a dose inicial, viu-se que as vacinas da Pfizer e da AstraZeneca diminuíram o risco de hospitalizações em até 85% e 94%, respectivamente. Os dados do efeito das vacinas na Escócia foram coletados entre 8 de dezembro e 15 de fevereiro. Pesquisadores disseram que, durante este período, 1,14 milhão de vacinas foram administradas e que 21% da população escocesa recebeu uma primeira dose.

Entre as pessoas de 80 anos e mais, um dos grupos mais vulneráveis à covid-19, a vacinação foi associada a uma redução de 81% no risco de hospitalizações na quarta semana quando os resultados das duas vacinas foram combinados.

Fonte: R7


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui