Vale do Taquari registra 32 novas infecções por Covid-19 nesta segunda-feira

Mais de 10 mil pessoas já foram imunizadas contra a doença na região.


0

A Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul informou 32 novos casos por Covid-19 de moradores de municípios do Vale do Taquari, nesta segunda-feira (15).

Os casos informados nesta segunda-feira, para 5 municípios do Vale do Taquari, representam 3,2% dos 992 casos do estado. Lajeado, com 22 casos, teve 68% das novas infecções na região. Depois aparecem Estrela (4), Coqueiro Baixo (4), Muçum (1) e Bom Retiro do Sul (1).

Conforme a Secretaria Estadual da Saúde, a região chegou a um total de 22.698 casos registrados de coronavírus. Destes, 21.475 (94,6%) são considerados recuperados, além de 951 (4,2%) casos ativos. A taxa de letalidade é de 1,2%, com 272 óbitos, sendo todos eles reconhecidos pelo Estado.

Leitos de UTI no Vale

Dos 65 leitos de UTI disponíveis no Vale do Taquari, 50 (76,9%) estavam ocupados às 18h desta segunda-feira (15). Eram 24 pessoas em leitos de UTI geral (48%), sem ligação com a Covid-19; 21 com confirmação de coronavírus (42%) e cinco com suspeita do vírus (10%).

O Hospital Bruno Born, de Lajeado, tem 30 leitos de UTI, sendo 26 ocupados (86,7%). São 18 pacientes na UTI Adulta não Covid (69,2%); cinco confirmados (19,2%) na UTI Covid; e três com suspeita (11,5%).

O Hospital Estrela, em Estrela, dispõe de 20 leitos de UTI, sendo que 13 estavam ocupados (65%). São sete com confirmação para a doença (53,2%); nenhum suspeito (0%), além de seis não Covid (46,2%).

O Hospital de Caridade São José, de Taquari, tem 10 leitos de UTI, sendo que seis estavam ocupados (60%). Destes, quatro com confirmação de coronavírus (66,7%), dois com suspeita (33,3%), e nenhum não Covid (0%).

Já o Hospital Beneficente Santa Terezinha, de Encantado, tem cinco leitos de UTI e todos estavam ocupados (100%), sendo os cinco confirmados para a doença (100%).

Estado

O Rio Grande do Sul registra nesta segunda-feira (15), 992 novos casos de Covid-19 e chega a um total de 586.315 confirmados. O número estimado de recuperados é de 560.483 (96% dos casos); em acompanhamento, 14.385 (2%); e 11.387 óbitos no total, sendo oito deles ocorridos entre os dias 28 de janeiro e 14 de fevereiro; e divulgados nesta segunda pelo Estado. Dos 2.674 leitos de UTI disponíveis no Rio Grande do Sul, 2.115 (79,1%) estavam com pacientes internados às 17h desta segunda (15). Além disso, o Rio Grande do Sul já tem 352.171 pessoas vacinadas contra a doença.

Brasil

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 13h desta segunda-feira (15). Desde o último balanço, às 20h de domingo (14), sete estados atualizaram seus dados: CE, GO, MG, MS, PE, RS e TO. No domingo (14), às 20h, o país registrou 647 mortes pela Covid-19 nas 24 horas anteriores, chegando ao total de 239.294 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 1.105 – a maior já registrada desde o início da pandemia.O recorde anterior era do dia 25 de julho de 2020 (1.097). Já são 25 dias com essa média acima da marca de 1 mil.

A variação foi de +4% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de estabilidade nos óbitos pela doença. Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 9.833.695 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 22.440 desses confirmados no domingo (14).

A média móvel nos 7 dias anteriores foi de 44.494 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de -13% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de estabilidade nos diagnósticos. Fonte: G1

Texto: Maria Eduarda Ferrari
producao@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui