Vale do Taquari tem três mortes por Covid-19 em 24 horas

Vítimas de Teutônia, Encantado e Muçum tinham entre 76 e 91 anos e possuíam comorbidades.


0
Foto: Ilustrativa

O Vale do Taquari teve mais três mortes informadas nesta segunda-feira (3) por prefeituras e hospitais da região. Os falecimentos ocorreram num espaço de, aproximadamente, 24 horas.

Ainda na manhã do domingo (2), uma mulher de 91 anos de Teutônia faleceu no Hospital Estrela, em Estrela. Ela é a sétima vítima da doença e Teutônia. Na manhã desta segunda (3), foi informada a morte de um homem de 86 anos, a sexta vítima de Covid-19 do município de Encantado. Ele estava internado no Hospital Santa Terezinha, de Encantado. Na mesma casa hospitalar, faleceu a primeira vítima de Muçum por Covid-19. O homem tinha 76 anos. Todos tinham comorbidades.

Desta forma, o Vale do Taquari chega a 67 mortes por novo coronavírus, sendo que quatro ainda não foram oficializadas pela Secretaria Estadual da Saúde. Até o fim da manhã desta segunda-feira, a região de Lajeado já conta com três mortes confirmadas pelo Estado para a 14ª rodada das bandeiras, que considerará mortes e internações hospitalares da última sexta (31) até a próxima quinta (6). Se confirmar estes quatro óbitos, já seriam sete falecimentos para a região no período.

Até aqui, a semana com mais mortes contabilizadas pelo Estado para região de Lajeado foi a semana entre os dias 10 e 16 de agosto. Com oito óbitos, naquele período o Vale chegou a ser classificado preliminarmente com bandeira vermelha, o que foi revertido três dias depois. Na última semana, o Vale teve seis mortes por Covid-19.

As 67 mortes da região

Agora são 15 municípios do Vale do Taquari que já registraram mortes por Covid-19. Lajeado tem o maior número de falecimentos, com 27. Depois vêm Teutônia (sete), Encantado (seis), Cruzeiro do Sul (cinco), Paverama (quatro), Estrela (quatro), Roca Sales (quatro), Taquari (três), Bom Retiro do Sul (dois), Arvorezinha (um), Fazenda Vilanova (um), Travesseiro (um) e Vespasiano Corrêa (um), Muçum (um). As últimas três mortes, de moradores de Teutônia, Encantado e Muçum, ainda não constam no boletim estadual. O mesmo vale para um homem de 80 anos de Roca Sales, falecido na última segunda (27), que ainda não teve o falecimento reconhecido pelo Estado.

Texto: Ricardo Sander
ricardosander@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui