Vale do Taquari volta a ter acréscimo no número de novos casos de dengue e ultrapassa os 5,7 mil casos confirmados

Dos casos confirmados na região até o momento, 5.375 são autóctones, ou seja, as pessoas foram contaminadas no próprio município


0
Foto: Breno Esaki / Agência Saúde DF

O boletim epidemiológico da 21ª Semana Epidemiológica, divulgado nesta sexta-feira (10) pela Vigilância Epidemiológica da 16ª Coordenadoria Regional de Saúde, registrou um aumento de 516 casos de dengue na região. Este número é 9,8% maior do que os 5.250 registrados na sexta-feira da semana passada, dia 3 de junho.

Em comparação às últimas semanas, os números voltaram a subir. Isso porque nas duas últimas semanas a região apresentava um decréscimo no número de novos casos. Agora, o Vale do Taquari possui 5.766 casos confirmados do vírus, o que representa um aumento de 641,1% se comparado aos 778 casos confirmados do ano passado.

Dos casos confirmados, 107 necessitaram de internação hospitalar e 17 casos evoluíram para dengue com sinais de alarme e cinco óbitos foram registrados no Vale do Taquari, quatro de Lajeado e um de Putinga. As confirmações são principalmente dos municípios de Lajeado (3.951), a cidade com mais casos do Rio Grande do Sul, Arroio do Meio (950) e Estrela (441).

Dos casos confirmados na região até o momento, 5.375 são autóctones, ou seja, as pessoas foram contaminadas no próprio município. Outras 7.144 notificações foram dadas ao Vale do Taquari.

Além disso, a região da 16ª Coordenadoria Regional de Saúde, com sede em Lajeado, tem 506 casos em investigação em 26 municípios. Sendo que os que mais possuem são Teutônia, com 121, 71 em Lajeado, 70 de Roca Sales e 60 em Encantado. Até o momento, 674 casos foram descartados na região.

Texto: Vinicius Mallmann
regional@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui