Vale tem três mortes e 267 novos casos de coronavírus nesta quinta-feira atribuídos pelo Estado

Foi o recorde de mortes na região em uma única semana, 16 pessoas morreram desde a última sexta-feira (1).


0
Foto: Reprodução / Shutterstock

A Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul registrou três óbitos e 267 novos casos de Covid-19 para municípios do Vale do Taquari nesta quinta-feira (07). Uma das vítimas é Teutônia, uma mulher de 57 anos que veio a óbito no dia 29 de dezembro no Hospital Ouro Branco. Ela tinha como comorbidades obesidade, diabetes e hipertensão. As outras duas mortes são de moradores de Taquari, uma mulher, de 86 anos, que faleceu no dia 2 de janeiro. A paciente era obesa e tinha senilidade. O outro óbito é um homem, de 93 anos. O paciente tinha doença cardiovascular e diabetes. Desde a última sexta-feira até esta quinta, a região chegou ao maior número de mortes pela doença em uma única semana desde o começo da pandemia. Foram 16 óbitos.

Tiveram novos casos os municípios de Taquari (107), Encantado (55), Lajeado (24), Teutônia (16), Imigrante (13), Estrela (10), Arroio do Meio (9), Cruzeiro do Sul (8), Roca Sales (7), Anta Gorda (6), Bom Retiro do Sul (4), Capitão (3), Arvorezinha (2) e Forquetinha (2).

Em Lajeado, conforme informações da prefeitura, divulgadas nesta quinta-feira (31), eram 6.606 casos confirmados, sendo 12 novos (9 de PCR e 3 de teste rápido), 6.350 casos recuperados, sendo 27 novos (16 de PCR e 11 de teste rápido), 59 óbitos e 197 casos ativos.

A região chegou a um total de 18.509 casos registrados de coronavírus. Destes, 17.523 (94,6%) são considerados recuperados, além de 768 (4,2%) casos ativos. A taxa de letalidade é de 1,2%, com 218 óbitos, sendo que um ainda não reconhecido pelo Estado.

Leitos de UTI no Vale

Dos 65 leitos de UTI disponíveis no Vale do Taquari, 48 (73,8%) estavam ocupados às 17h desta quinta-feira (07). Eram 20 pessoas em leitos de UTI geral (41,7%), sem ligação com a Covid-19; 16 com confirmação de coronavírus (33,3%) e 12 com suspeita do vírus (25%).

O Hospital Bruno Born, de Lajeado, tem 30 leitos de UTI, sendo 21 ocupados (70%). São 13 pacientes na UTI Adulta não Covid (61,9%); sete com suspeita (33,3%) e um confirmado (4,8%) na UTI Covid.

O Hospital Estrela, em Estrela, dispõe de 20 leitos de UTI, sendo que 16 estavam ocupados (80%). São oito com confirmação para a doença (50%); um suspeito (6,2%), além de sete não Covid (43,8%).

O Hospital de Caridade São José, de Taquari, tem 10 leitos de UTI, sendo que oito estavam ocupados (80%), sendo cinco com confirmação de coronavírus (62,5%), e três com suspeita (37,5%).

Já o Hospital Beneficente Santa Terezinha, de Encantado, tem cinco leitos de UTI e três estavam ocupados (60%), sendo dois confirmados para a doença (66,7%) e um com suspeita (33,3%).

O Estado

O Rio Grande do Sul registra nesta quinta-feira (7), 4.986 novos casos de Covid-19 e chega a um total de 470.138. O número estimado de recuperados é de 446.187 (95%); em acompanhamento, 14.606 (3%); e 9.293 óbitos no total, sendo 67 deles registrados nesta quinta pelo Estado.

Brasil

Em um momento crítico da pandemia e ainda sem vacinação, o Brasil passou a marca de 200 mil mortes por Covid-19 nesta quinta-feira (7), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa, a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, em um boletim extra. O total de óbitos registrados é de 200.011, com 7.921.803 casos confirmados. A primeira morte pela doença no país aconteceu em fevereiro do ano passado. Nos meses seguintes, o número de óbitos subiu gradativamente, até que em junho foi atingido um estágio de platô com cerca de 1 mil mortes diárias. Fonte: G1

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br

Arte: Grupo Independente

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui