Valor da passagem de ônibus irá passar por reajuste em Lajeado

Dos R$ 4,50 cobrados atualmente, tarifa será reajustada para R$ 5,00


0
Novos valores passam a entrar em vigor assim que o projeto for aprovado na Câmara de Vereadores (Foto: Artur Dullius)

O preço da passagem de ônibus irá ficar 11% mais caro em maio para os usuários do transporte coletivo de Lajeado. Dos R$ 4,50 cobrados atualmente do consumidor, o valor será reajustado para R$ 5,00. Além disso, o Poder Executivo também irá modificar o valor do subsídio repassado para a empresa, passando para R$ 1,00 por bilhete.


ouça a reportagem


 

O projeto de lei que prevê a alteração foi encaminhado para o Legislativo no dia 14 de abril, em regime de urgência. Ou seja, os vereadores tem um prazo de 30 dias para realizarem a votação da proposta. Segundo o assessor jurídico da Prefeitura de Lajeado, Natanael dos Santos, o valor subsidiado pela Administração irá representar um incremento orçamentário de R$ 1,16 milhão por ano, quase dobrando os R$ 600 mil repassados para a empresa até então.

“Era de R$ 0,50 o subsídio que o município concedeu no ano passado, quando a tarifa era de R$ 4,50 ao usuário. Ou seja, a empresa responsável pelo transporte ganhava R$ 5,00 pela passagem. Agora, a partir deste ano, a Administração passa a repassar R$ 1,00 por bilhete à concessionária. Na prática, para o usuário a passagem irá custar R$ 5,00, mas a empresa irá receber R$ 6,00”, explica.

Natanael dos Santos, assessor jurídico da Prefeitura de Lajeado (Foto: Caroline Silva)

A mensagem justificativa do projeto descreve que o forte aumento do óleo diesel nos últimos meses, entre outros insumos como pneus e manutenção, gerou uma nova pressão nos custos. De acordo com o assessor, no início das negociações a empresa previa uma tarifa final entre R$ 8,50 e R$ 9,25. No entanto, o valor, segundo ele, iria inviabilizar a continuidade do transporte urbano coletivo no município. Com isso, houve uma negociação para que a passagem permanecesse atrativa ao usuário e também fizesse frente a grande diferença de valores existente atualmente no transporte público municipal.

“Isso infelizmente não é algo exclusivo do município de Lajeado, é um movimento nacional, pois cada vez mais existem maneiras alternativas de deslocamento. Hoje, o próprio apelo ao carro próprio é uma grande situação que existe no mundo. Então é uma forma de tornar atrativo esse transporte e fazer frente a todos os percalços que surgiram após o processo licitatório, realizando ainda antes da pandemia”, pontua Santos.

Atualmente, são cerca de 130 mil passagens utilizadas por mês em Lajeado, No entanto, a quantidade ainda fica abaixo dos 167 mil bilhetes previstos inicialmente. O valor do subsídio será repassado diretamente à concessionária até o último dia útil do mês. “Dentro deste processo licitatório uma das inovações é um controle partilhado entre o que é feito pelo sistema e o que o município tem de dados. Neste sentido, cada mês a gente recebe um relatório oficial da concessionária com o número de bilhetes emitidos e, a partir disso, é calculado o subsídio que será repassado”, conclui.

Os novos valores serão utilizados pelos próximos 12 meses. Eles passam a entrar em vigor assim que o projeto for aprovado na Câmara de Vereadores.

Texto: Artur Dullius
reporter@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui