Variante Delta avança no Brasil, mas Gama ainda preocupa mais

Cerca de 98% dos novo casos de Covid-19 no Brasil são ocasionados pela Gama, identificada pela 1ª vez no Amazonas, diz virologista


0
Foto: Lara Balais / AFP

A variante Delta é a grande preocupação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de pelo menos 25 países do mundo, onde a cepa já é predominante entre os infectados pela Covid-19. No Brasil, o número de casos de doentes com o vírus que surgiu na Índia não para de crescer. Porém, a Gama, variante que apareceu pela primeira vez no Amazonas, continua sendo predominante no país.

De acordo com o Ministério da Saúde, a variante Delta já foi identificada em 135 pessoas, de oito estados e do Distrito Federal. O site World in Data, ligado à Universidade de Oxford, do Reino Unido, aponta que nas últimas duas semanas, 93,55% dos sequenciamentos genéticos feitos no Brasil foram da Delta.

Mesmo com números significativos, o infectologista Renato Kfouri, diretor da SBIm (Sociedade Brasileira de Imunizações), ressalta que o número de análises feitas é baixo e pode não refletir a realidade da pandemia. “Não dá para falar em número de casos, não é para ser contado. Nós sequenciamos e testamos muito pouco, então não adianta contar os casos de infectados com a Delta.

Não dá para perceber qual é a ponto do iceberg que estamos vendo. Temos que, por amostragem, saber se ela está desbancando a nossa P.1 [variante Gama, que surgiu no Amazonas]. Porque a cepa que apareceu na Índia chegou em lugares onde não tinha uma forte concorrente”, explica Kfouri.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui