Vaticano investiga curtida de conta do Papa em foto sensual de brasileira

Contas de redes sociais do papa são gerenciadas por terceiros. "Pelo menos eu vou para o céu", tuitou Natalia Garibotto.


1
Modelo brasileira tem 2,3 milhões de seguidores e brincou com a curtida que recebeu nas redes sociais (Foto: Reprodução/Instagram/@nataagataa)

O Vaticano iniciou uma investigação sobre o uso do Instagram do Papa Francisco, depois que a página oficial do pontífice curtiu uma foto sensual de uma modelo brasileira. Na imagem, curtida pela conta papal na sexta-feira (13), Natalia Garibotto está vestindo uma lingerie de uniforme escolar.

Fontes ligadas à assessoria de imprensa do Vaticano confirmaram à agência CNA que as várias contas de redes sociais do papa são gerenciadas por terceiros. Por conta disso, as autoridades católicas estão em meio de uma investigação interna para determinar a origem da curtida que, após a repercussão, foi desfeita no dia seguinte.

A COY Co., empresa responsável pela comunicação de Natalia, usou a curtida da conta papal para fins publicitários, postando em sua conta na sexta-feira que a empresa havia “recebido a benção oficial do Papa”.

A brasileira comentou sobre a curtida inesperada, no Twitter: “Pelo menos eu vou para o céu”, brincou com os seguidores.

Em entrevista ao blog americano Barstool Sports, Natalia foi ainda mais enfática e fez menção ao movimento para curtir fotos no Instagram: “Minha mãe pode não gostar das fotos da minha bunda, mas o Papa dá um tapa duplo”.

Além do Instagram, em que tem 2,3 milhões de seguidores, Natalia também faz lives na Twitch e vende conteúdo sensual exclusivo para assinantes do site dela. A foto curtida pela conta do Papa foi publicada pela modelo no dia 5 de outubro no Instagram, e ganhou mais de 148 mil curtidas desde a repercussão do caso.

 

 

Fonte: UOL


1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui