Venâncio Aires adere ao programa habitacional federal “Casa Verde e Amarela”

Valor para subsídio de reforma habitacional pode chegar a R$ 23 mil.


0
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Venâncio Aires aderiu ao programa de regularização fundiária e melhoria habitacional “Casa Verde e Amarela”, lançado pelo Governo Federal para substituir o “Minha Casa, Minha Vida”. Com três eixos de ação, na regularização, reforma de moradias de baixa renda e construção de novas unidades, as duas primeiras ações já estão abertas para cadastramento dos municípios. Famílias urbanas com renda até R$ 2 mil mensais podem se habilitar para as melhorias junto à Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social.

De acordo com a secretária Claidir Kerkhoff Trindade, atualmente são cerca de dois mil cadastros de famílias venâncio-airenses em busca de programas habitacionais. “Agora faremos uma seleção dessas famílias para ver quais se enquadram nesses novos critérios. Também vamos receber novas inscrições. O convênio será entre Caixa e Prefeitura com documentação e avaliação social do município”, explica. O valor máximo para subsídio de reforma habitacional é de R$ 23 mil.

O prefeito Jarbas da Rosa completa que o programa é uma oportunidade para melhorar a vida de famílias que, com muito esforço, construíram suas casas e não conseguem mantê-las ou mesmo terminar a obra. “Além de oportunizar esse investimento em seus bens, o programa dá prioridade para pequenas empresas e microempreendedores realizarem a obra, o que deve movimentar a economia local e as lojas de materiais de construção”, destaca.

Com relação a ação três, destinada à construção de novas unidades habitacionais, a coordenadora da Central de Projetos Municipal, Deizimara Souza, explica que ainda aguarda liberação do Governo Federal para habilitação do município. No entanto, ela adianta que o prefeito Jarbas da Rosa anunciou interesse na retomada dos projetos, especialmente porque nenhuma unidade foi construída pelo último governo. AI/VM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui