Venâncio Aires aumentará número de agentes de endemias

Atualmente, são quatro funcionários ligados ao setor de endemias.


0
Pulverizações têm sido realizadas em bairros onde contenham focos e casos confirmados da doença (Foto: Leandro Osório / Divulgação)

A prefeitura de Venâncio Aires vai contratar mais dez agentes de endemias para atuarem no combate à dengue no município. Por meio de processo seletivo público simplificado, os profissionais selecionados atuarão 40 horas semanais e os contratos terão validade por seis meses, podendo ser renovados por mais seis meses. O edital com os requisitos para os interessados em participar da seleção deve ser lançado na próxima semana.

Atualmente, são quatro funcionários ligados ao setor de endemias. Além disso, junto à Vigilância Ambiental ainda atua um bioquímico, que coordena o grupo. As contratações se aliam as medidas realizadas pelo poder público local para diminuir os focos de proliferação dos mosquitos transmissores da doença, bem como, ampliar a conscientização dos moradores.

Até 2015, a Legislação exigia um agente de endemias para cada um mil imóveis, o que correspondia a 22 agentes enquanto o município contava com cinco profissionais. Em 2015, esta regra passou para um agente para cada 800 imóveis, correspondendo a 27 servidores. A partir da nova contratação este número passa para 15 agentes atuantes na Capital do Chimarrão.

Ações

Nesta quinta-feira (21), encerrou a pulverização de produto químico, nas calçadas e pátios, realizada pelo Município e Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) em diversos bairros da cidade, onde se concentravam focos e casos confirmados de Dengue.

A ação iniciada na semana passada foi desenvolvida nos bairros Brands, Coronel Brito, Loteamento Sol Nascente, Gressler, Bela Vista, Xangrilá, Cidade Alta, Aviação, São Francisco Xavier, União, Centro e Cruzeiro.

Na próxima semana, a equipe da Vigilância Sanitária do Município irá reforçar a dedetização no bairro Gressler e Brands. O produto biológico já vem sendo aplicado há algumas semanas, a partir de uma parceria com as empresas Alvo, Biosystem e W&F.

Além disso, também foi realizada a aplicação gratuita de um produto biológico em piscinas residenciais – cujos proprietários ou vizinhos solicitaram a intervenção – em desuso no momento ou que, por ventura, não estavam recebendo a aplicação básica de cloro e a circulação de água contida no local com a ativação do motor. AI/RC

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui