Venâncio Aires registra primeira morte por dengue

Trata-se de um homem, de 79 anos, morador da área urbana que tinha comorbidades e problema pulmonar


0
Foto: Wikimedia Commons

O município de Venâncio Aires, por meio da Secretaria da Saúde, confirmou nesta sexta-feira (14) a primeira morte por dengue em 2024. A informação consta no Painel de Monitoramento da Dengue do Estado do Rio Grande do Sul (RS). Trata-se de um homem, de 79 anos, morador da área urbana que tinha comorbidades e problema pulmonar.

Outro caso está sob investigação por parte do Hospital São Sebastião Mártir (HSSM), e resultado do exame deve ser reavaliado.

Na atualização dos casos de dengue registrados na Semana Epidemiológica os dados mostram que são 2.162 casos positivos, 328 negativos e 17 em análise.

A orientação é de que seja procurado um serviço de saúde. Os sintomas clássicos da enfermidade são: febre alta, manchas vermelhas pelo corpo, diarreia, dor de cabeça ou ao redor dos olhos e dores musculares e nas articulações. Porém, o paciente pode entrar na chamada fase crítica após três a sete dias do início dos sintomas, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). A dengue é uma doença dinâmica e pode evoluir rapidamente de uma fase para outra.

Vacinação contra a dengue para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos

Inicia na próxima segunda-feira (17) a vacinação contra a dengue. O público-alvo a ser vacinado será o de crianças e adolescentes dos 10 aos 14 anos. A vacinação ocorre na Unidade Básica de Saúde (UBS) Central, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h e das 13h às 16h30, e aos sábados das 8h às 12h.

O esquema vacinal é composto por duas doses do imunizante, com intervalo de três meses entre elas. As crianças e adolescentes devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis, munidos de documento com foto, caderneta de vacinação e cartão do SUS. AI/JG

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui