Vendas de Natal crescem 8% nos supermercados gaúchos

Pandemia forçou mudança de hábitos do consumidor por causa dos protocolos sanitários


0
Foto: Pixabay/ilustrativa

Ceias menores em função do distanciamento social devido à pandemia não prejudicaram as vendas de Natal nos supermercados no Rio Grande do Sul. Pelo contrário: conforme levantamento da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), houve crescimento de 8% nas vendas para a ceia de 2020, em comparação a 2019.

Impulsionados pelo calor, refrigerante e cerveja foram dois destaques de venda, com aumento de 15% em relação ao ano passado. Aves tradicionais do cardápio da ceia, perus e chesters mais baratos se sobressaíram. Outros produtos tradicionais das festas de Natal, como panetones, bombons, cervejas especiais, vinhos e brinquedos também se destacaram.

Segundo a entidade, as vendas tiveram maior alta sobretudo no período de cinco dias antecedentes à data festiva. Outros fatores determinantes para o resultado positivo foram o pagamento do auxílio-emergencial do governo federal e a escolha das famílias por fazerem compras de alimentos e presentes em um só lugar para evitar aglomerações.

Para a semana do Ano-Novo, além dos espumantes, os supermercados apostam na comercialização de itens típicos como lentilha, carne suína, sobremesas e outras bebidas. “O crescimento das vendas deverá ser similar, até pela projeção climática de tempo bom”, pontuou o presidente da Agas, Antônio Cesa Longo, em nota.

Fonte: Assessoria de Imprensa Agas

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui