Vereador eleito inicia projeto para oferecer tratamento com robótica em Lajeado

Marcio Dal Cin (PSDB) é cadeirante e deseja auxiliar pessoas que perderam os movimentos. Ação deve acontecer em parceria com a Univates.


1
Eleito com 845 votos, Márcio Dal Cin, aos 44 anos, é o novo vereador de Lajeado (Foto: Gabriela Hautrive)

Eleito com 845 votos, Márcio Dal Cin, aos 44 anos, é o novo vereador de Lajeado. Ele assume a casa legislativa em janeiro de 2021, mas já está trabalhando em um projeto para oferecer tratamento através da robótica. Conforme Dal Cin, o equipamento, chamado de Lokomat, é utilizado pela Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD). Ele auxilia nos casos de dificuldade na marcha, trabalhando os movimentos e complementando a fisioterapia realizada em solo.


ouça a reportagem

 


Em Lajeado, a ideia é que seja adquirido através de uma parceria com a Universidade do Vale do Taquari (Univates). “Ele faz com que a pessoa com deficiência ou lesão medular, ou que tenha passado por uma cirurgia e precise de fisioterapia, ele auxilia na recuperação.” O equipamento é importado e custa entre R$ 600 e R$ 700 mil. A Univates seria a administradora do processo através curso de Fisioterapia. Também há conversas sobre a ação com o deputado federal Lucas Redecker (PSDB), e será feito um contato com a senadora Mara Grabilli (PSB), que assim como Dal Cin, também é cadeirante.

“Uma pessoa que está há cinco ou 10 anos em uma cadeira de rodas ou que nunca ficou em pé, e de repente isso se torna possível. O equipamento simula uma marcha, uma caminhada em cima de uma esteira, isso da uma diferença substancial na vida daquela pessoa”, explica o vereador eleito.

Segundo Dal Cin, ainda não há uma data definida para que o equipamento seja adquirido e chega na região, apenas estão se iniciando as conversas para viabilizar o projeto. “Vamos fazer um esforço muito grande para que ele venha. Não vai atender pessoas somente de Lajeado, como também todo o Vale do Taquari e Vale do Rio Pardo.”

O novo vereador também pretende fiscalizar melhor as leis de acessibilidade, pois, segundo ele, elas já existem mas não são respeitadas. “O que não podemos deixar a acontecer é que construções novas, obras novas de infraestrutura, de mobilidade, não atendam a acessibilidade, isso é inconcebível. Podemos ter dificuldades de consertar o que foi feito há mais tempo, mas o que é novo, com todo conhecimento e tecnologia que existe, não pode acontecer.”

O novo vereador também pretende fiscalizar melhor as leis de acessibilidade (Foto: Gabriela Hautrive)

História de Márcio Dal Cin

Atualmente, além de ter sido eleito como vereador de Lajeado e se preparado durante seis anos para concorrer ao cargo, Márcio Dal Cin é empresário e palestrante. Nasceu na comunidade de Guataparema, no município de Guaraciaba, no extremo oeste de Santa Catarina, onde vivia na roça em um pequeno espaço de terra, ao lado dos pais e quatro irmãos. “Até meus 14 anos de idade, nós não tínhamos energia elétrica em casa, não tinha água encanada, não tinha chuveiro elétrico.”

Os filhos foram crescendo e os pais de Dal Cin perceberam que se permanecessem naquele local não iriam sobreviver. Colocaram a mudança em cima de um caminhão e decidiram seguir a vida em Lajeado, sem conhecer ninguém no local. Chegando na cidade, aos 15 anos de idade, Dal Cin começou sua trajetória profissional. Terminou o Ensino Médio, iniciou uma graduação em Administração e conheceu sua esposa, Simone.

Superação

Quando estava indo tudo bem, em 2010, um grave acidente de trânsito mudou a trajetória e os seus planos do empresário. O carro em que ele estava colidiu com uma carreta na cidade de Canoas. Ele ficou tetraplégico, quebrou o pescoço, duas vértebras da coluna e lesionou a medula. “80% do corpo eu não consigo mexer, não sinto dor, não sinto calor”, relata.

Diante da situação, decidiu se reinventar e buscar forças para seguir em frente. “E então começa uma história de superação de empreendedorismo, eu me formo em administração e aparece a oportunidade de palestrar, de contar a minha história, tropeços profissionais, e como é do dia para o outro tu não mexer nada do teu corpo.”

Sua história de vida e tudo que passou até chegar aqui é o combustível para que sempre busque por mais. As palestras de Dal Cin visam motivar pessoas e mostrar a elas que tudo é possível e que sempre existirá uma segunda chance, basta querer.

Outros cadeirantes políticos

Além de Dal Cin, fez parte da Câmara de Vereadores de Lajeado o cadeirante Geraldo Arlindo Arend (PSDB), que atuou na casa legislativa entre os anos de 2001 a 2004. Em Bom Retiro do Sul, foi reeleito o prefeito Edmilson Busatto (PL) e seu vice-prefeito, Eder Eduardo Muller Ciceri (PSB), que também é cadeirante.

Texto: Gabriela Hautrive
producao@independente.com.br

 

1 comentário

  1. Passo importante para as pessoas que necessitam desse tratamento , esse candidato terá meu voto na próxima eleição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui