Vereadores pressionam Executivo sobre demora de atendimento na UPA

Um projeto de Ana da Apama (MDB), que pretende alterar uma lei já existente para proibir que residências particulares tenham mais cinco cães ou gatos, gerou divergências, mas foi aprovado


1
Foto: Caroline Silva

A sessão da Câmara de Vereadores de Lajeado desta terça-feira (05) foi marcada por preocupação dos parlamentares com a falta de médicos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e, consequentemente, a demora no atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Jones Vavá (MDB), que encaminhou um requerimento ao poder Executivo para saber quais são as medidas a serem tomadas com as reclamações, disse que a prefeitura deve ter mais empatia com a saúde municipal. “Imagina você sentar com seu filho por seis horas para esperar um atendimento? A gente elogia a cidade, mas gostaríamos que a administração municipal fosse responsável para todas as classes sociais. Que a prefeitura tenha mais sensibilidade com a saúde”, pontuou.

Jones Vavá (MDB) (Foto: Caroline Silva)

Na mesma linha foi Lorival Silveira (PP). O vereador mencionou o projeto que pretende repassar o valor de R$ 280 mil para a realização da 22ª edição da Expovale – Feira Industrial, Comercial e de Serviços e da 10ª edição da Construmóbil – Feira da Construção Civil, Mobiliário e Decoração. Conforme ele, esse montante é considerável, enquanto há falta de médicos. “Quando um médico tira férias no posto de saúde as pessoas vão para a UPA. Isso o secretário de saúde e o prefeito precisam resolver. Tentamos fazer uma audiência pública, mas o problema persiste. Dinheiro tem, estão dizendo que é pouco dinheiro para a Acil, mas é muita grana para fazer essa feira e está faltando médicos nos postos de saúde”, criticou.

Lorival Silveira (PP) (Foto: Caroline SIlva)

Enquanto isso, o líder de governo, Mozart Lopes (PP), concordou com as críticas da demora no atendimento na UPA, e disse que a Univates precisa dar uma justificativa. “Penso que a Univates, responsável pelos médicos, deve dar uma resposta sobre o que está acontecendo. Nosso governo passou para a Univates então temos que saber o que está acontecendo”, afirmou.

Residências com até cinco cães e gatos

Um projeto de autoria de Ana da Apama (MDB) foi alvo de divergências. A proposta altera uma lei já existente, e prevê que em residências particulares não será permitida a manutenção de mais de cinco cães ou gatos, com idade superior a 90 dias.

Sérgio Kniphoff (PT) chegou a dizer que o projeto, com a alteração, não funcionará na prática. “Esse é o tipo de projeto que não será cumprido. Numa cidade onde temos falta de vagas em creches para crianças, criar uma fiscalização de famílias que têm mais de cinco gatos ou cães, não tem como isso funcionar. Ele não tem como andar, não foi cumprido até agora”, observou.

Sérgio Kniphoff (PT) (Foto: Caroline Silva)

Mas Ana rebateu o petista. Conforme ela, é possível funcionar. “As coisas são possíveis e se não fossem, eu não estava aqui. Falam e reclamam, mas dizem que não é possível. Como vamos fazer qualquer coisa no município se as coisas não são possíveis para alguns aqui?”, esclarece.

Ana da Apama (MDB) (Foto: Caroline Silva)

R$ 280 mil para a Acil

O projeto que autoriza a prefeitura repassar o valor de R$ 280 mil para a Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) estava na ordem do dia, mas recebeu pedido de vistas de Lorival e não foi apreciado. Conforme o vereador, não há por que ter pressa. “Não sei por que a pressa de votar este projeto, sendo que a feira é só em novembro. Acho que não é a hora”, ressaltou.

Já Mozart disse que é um dinheiro que não foi utilizado nos últimos dois anos com a não realização da feira. “Nossa Lajeado ficou dois anos sem a feira, temos tudo para fazer uma grande feira, uma grande Construmóbil, o dinheiro não gasto nesses dois anos será ser bem investido, mas concordo com os pares que deverá ser mais debatido”, destacou.

Texto: Caroline Silva

jornalismo@independente.com.br

1 comentário

  1. Concordo com o vereador Knipoff e não entendi o porquê de limitar o número de pets, desde que sejam bem cuidados, por outro lado , só quem gosta é q assume tantas vidas !!

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui