Vereadores reivindicam mudanças no fornecimento de energia elétrica em Colinas

Vendaval, no último dia 5, deixou localidades do interior sem luz por três dias


0
Foto: Plural comunicação integrada

As reivindicações por mudanças no fornecimento de energia elétrica em Colinas foram destaque na sessão da Câmara de Vereadores de Colinas, que ocorreu nesta quarta-feira (16). No vendaval ocorrido no sábado, dia 5 de junho, o município, especialmente localidades do interior, chegaram a ficar três dias sem energia, causando prejuízos.

Em seu pronunciamento, o vereador Rodrigo Horn (MDB) disse que encaminhou ao Ministério Público um pedido para que ingresse com uma ação contra a RGE. Ele lembrou que, na gestão passada, em setembro de 2020, foi sancionada a lei de sua autoria, a Lei 1926-04, em que está colocado que as concessionárias que fornecem energia ficam obrigadas a substituir todos os postes de madeira por postes de concreto. “Se essa lei tivesse sido atendida, não teríamos passado por isso nesse vendaval do dia 5”, analisou. “Essa lei foi feita por mim, mas não foi atendida. Cadê a harmonia entre o Poder Executivo e o Legislativo? O Executivo precisa atender as demandas de todos os vereadores, não só do PP ou dos partidos aliados”, afirmou.

O vereador Marcelo Schroer (MDB) concordou com o vereador Rodrigo Horn, dizendo que todas as reivindicações devem ser ouvidas e pediu apoio para aprovação da sua indicação, que sugere que o Executivo encaminhe para a Câmara um projeto de lei que dispõe sobre auxílio dos agricultores na compra de geradores de energia elétrica. “Uma forma de amenizar o problema é o agricultor conseguir comprar o seu gerador. Eles vão poder fazer serviços essenciais nestas horas”, enfatizou.

Schroer também salientou o investimento de R$ 2 milhões que será feito pelo governo do Estado na recuperação da ERS-129. “Participei do lançamento do Programa Avançar, tive contato com prefeitos, com deputados. Mostra que precisamos ir atrás das coisas. Independentemente dos padrinhos que essa obra tenha, o que importa é que ela seja feita”, opinou.

A questão do fornecimento de energia elétrica, também pautou o discurso do vereador Heitor Schmidt (PP) na tribuna. “É lamentável o que ocorreu. Algumas localidades do interior ficaram três, quatro dias, sem energia. Eu e o vereador Darlan Messer (PP) nos reunimos com representantes da Certel. É um primeiro passo”, afirmou, referindo-se à tentativa de fazer a substituição da concessionária RGE pela Certel.

Durante a sessão, a vereadora Sandra Raquel Fusiger (PTB) salientou sua satisfação em poder ter feito parte das iniciativas e reivindicações para recuperação da RS-129. “Desde 2017, a Administração Municipal pleiteava, junto ao Daer e ao governo do Estado, essa obra”. Já a vereadora Silvia P. dos Santos da Costa (PTB) destacou a sua visita ao secretário do Esporte e Lazer do Estado, Danrlei de Deus, trabalhando em iniciativas para serem desenvolvidas em Colinas.

Além dos pronunciamentos, foram aprovadas as indicações para que seja feito um canteiro de flores na entrada do Loteamento Popular e seja dada atenção ao ajardinamento e iluminação pública da Rua da Felicidade. A indicação que solicita ao Poder Executivo que encaminhe para a Câmara de Vereadores o projeto de lei que dispõe sobre auxílio dos agricultores na compra de geradores de energia elétrica também foi aprovada.

Além disso, foram aprovados o projeto de lei que autoriza o Poder Executivo a receber bens em doação, mediante concessão administrativa de uso de espaço para placas indicativas de nomes de estabelecimentos comerciais e o projeto de lei que autoriza o Poder Executivo a contratar emergencial e temporariamente Auxiliar Administrativo. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui