Vespasiano Corrêa estuda implantar programa de iluminação pública no interior 

Programa envolve o gabinete do prefeito e a Secretaria Municipal de Agricultura, com apoio da Brigada Militar


0
Foto: Divulgação

A administração municipal de Vespasiano Corrêa está formatando um programa para levar a iluminação pública às comunidades do interior de Vespasiano Corrêa. A iniciativa é aproximar o poder executivo, e a Brigada Militar da população e mobilizar a todos através de medidas e orientações de segurança. O projeto já foi apresentado ao capitão da BM em Vespasiano, Jucelino Brugnera.

“O projeto prevê a instalação de câmeras, cercamento e principalmente iluminação, além de juntos desenvolver ferramentas de comunicação para que a informação de qualquer movimento suspeito chegue o mais breve possível para as autoridades responsáveis ”, explica o chefe do Executivo vespasianense.

Para que isto ocorra, a Secretaria Municipal de Agricultura está atuando como parceria, para fomentar a necessidade de instalação da iluminação junto às residências.

O prefeito destaca que a Brigada Militar entra para ajudar a conscientizar a comunidade sobre a importância do uso da iluminação no interior. “Por isso estamos fazendo esta parceria. Faremos reuniões com os moradores, para explicar como o projeto deve funcionar. A polícia irá destacar a importância do uso e os cuidados que a população precisa ter.”

Segundo o prefeito, a prevenção é necessária, pois a extensão territorial de Vespasiano Corrêa é grande e precisa ser vista com muita atenção em relação à segurança. “Além do prejuízo material, temos o risco de traumas psicológicos e emocionais. Só quem já passou por situações constrangedoras de assalto e roubo sabem como a segurança é muito importante.”

A reunião com o comandante, Jucelino Brugnera deu o pontapé inicial ao projeto. A partir de agora, a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento irá agendar as reuniões com a população. “É um projeto muito grande, que visa evitar os problemas de segurança no interior, pois já tivemos ocorrências nos arredores do município”, complementa Michelon. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui