Viagem dos prefeitos do Vale a Brasília já resulta em R$ 8,8 milhões em recursos

Valor foi destinado ao custeio e enfrentamento da Covid-19. Três de 12 prefeituras da região ainda têm parte desta rubrica a receber.


0
Parte do grupo que embarcou em 21 de julho para a capital federal (Foto: Arquivo/Natalia Ribeiro)

Há três semanas da ida a Brasília, no Distrito Federal, em busca de ajuda após a cheia histórica do Rio Taquari, prefeituras da região já somam R$ 8,8 milhões em recursos. O valor foi distribuído entre os 11 municípios mais atingidos pela enchente do começo de julho, mais Santa Tereza, na Serra, que também esteve na comitiva.

Dos 12 municípios envolvidos, apenas três ainda não receberem a integralidade. O montante em questão deve ser utilizado no custeio para enfrentamento à Covid-19, através da Portaria 1.666/20 do Ministério da Saúde. Conforme o gabinete do senador Luis Carlos Heinze (PP), que auxilia na mediação das demandas da região pós-cheia, o valor pode ser aplicado em medicamento, contratação de profissionais, pagamento de horas extras e locação de serviços de saúde.

Um dos temores dos gestores públicos era de que aumentassem os casos do novo coronavírus após a enchente, devido à possibilidade de aglomeração de pessoas. O total liberado até o momento é de R$ 8.802.741,00. Restam R$ 18.325.470,00. Foram três pagamentos desde a viagem: em 23 de julho (R$ 6.360.688,00), 10 de agosto (R$ 1.100.000,00) e 12 de agosto (R$ 1.342.053,00).

Encantado ainda espera a liberação de R$ 1.692.055,00, sendo que já ganhou R$ 925.000,00; Estrela aguarda R$ 2.591.188,00, visto que R$ 1.100.000,00 foi recebido ; e Lajeado tem em aberto a destinação de R$ 14.042.277,00. Lajeado já teve R$ 1.500.000,00 depositado pelo governo federal.

Receberam a integralidade dos valores solicitados os municípios de Arroio do Meio (R$ 1.274.333,00), Bom Retiro do Sul (R$ 355.052,00), Colinas (R$ 151.373,00), Cruzeiro do Sul (R$ 823.720,00), Imigrante (R$ 197.443,00), Muçum (R$ 599.514,00), Roca Sales (R$ 280.204,00), Santa Tereza (R$ 120.391,00) e Taquari (R$ 1.475.711,00).

Texto: Natalia Ribeiro

jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui