Vibee Unimed está com inscrições abertas para a terceira turma do Programa de Aceleração

Vibee busca construir um grande ecossistema de inovação na área da saúde ao redor da Unimed, destaca o gestor Rafael Zanatta


0
Rafael Zanatta, head do Vibee Unimed (Foto: Tiago Silva)

O Vibee Unimed está com inscrições abertas para sua terceira turma do Programa de Aceleração. Nesta edição, o Hub de Inovação busca por startups na área da saúde em fase de ideação, validação e operação, de todo o Brasil. As interessadas em participar devem realizar o cadastro até o dia 26 de novembro, pelo site do Vibee.

Até o dia 22 de dezembro a Unimed espera ter as startups selecionadas. A aceleração deve ter início até 10 de janeiro, e a mentoria e a capacitação ocorre durante seis meses. “O Vibee já ultrapassou as barreiras do Vale e é um programa que começa a ter um reconhecimento nacional”, destaca o head do Vibee Unimed, Rafael Zanatta.

Conforme ele, o Vibee tem seu espaço físico instalado dentro da sede da Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo, em Lajeado, mas o programa em si ocorre de modo digital, pela internet, e possibilita a participação de startups de todo o país.

Zanatta explica que o hub de inovação busca acelerar startups que têm ideias para criar algum produto na área da saúde. Dessa forma, a cooperativa médica ajuda com todo o conhecimento que tem para que as empresas possam se colocar no mercado, com suas ideias inovadoras. O gestor lembra que as startups buscam sempre modelos de negócio que possibilitam crescimento rápido em receita que não é casado com custo alto. Para isso se apoiam em novas bases tecnológicas, sem tanta estrutura física.

Foto: Divulgação

O head do Vibee Unimed reconhece que, na área da saúde, o desenvolvimento de novas soluções pode ser mais longo, por questões de regulamentação e normatizações. Zanatta lembra que as startups e novos negócios surgem em um ambiente de incerteza, e o objetivo do Vibee é fazer com que a taxa de insucesso seja reduzida. Ele comenta que a Unimed “está bem contente com o resultado da segunda turma pelo nível das soluções que foram apresentados para a gente”. “Startups muito relevantes Brasil afora fora resolveram se conectar com a gente aqui no interior do RS porque perceberam que a gente tem um potencial de ajudar no seu desenvolvimento e crescimento”, avalia.

Conforme ele, o Vibee “busca construir um grande ecossistema de inovação na área da saúde ao redor da Unimed”, e “que isso gere frutos para o Vale do Taquari” para que as tecnologias possam ser testadas e implementadas na região.

Saiba mais

As startups que mais se destacarem serão convidadas a ingressar no Programa de Aceleração, que terá duração de seis meses. Elas podem ingressar nas modalidades:

  • Vibee Start: dedicado às startups que buscam validação do problema e construção da solução.
  • Vibee Go: criado para startups que buscam auxílio nos estágios de operação, acesso à rede de saúde e profissionais envolvidos no mercado da startup.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui