Vítimas da chacina familiar não foram dopadas, diz Polícia Civil

Confira as informações do programa Correspondente Independente das 18h


0
Foto: Ilustrativa/Divulgação

A Polícia Civil conclui nos próximos dias o inquérito sobre a chacina familiar ocorrida na manhã do dia 27 de abril deste ano no interior de um sobrado de luxo na rua Dona Maria, no bairro Santa Tereza, em Porto Alegre. O autor dos disparos, o empresário Octávio Driemeyer Júnior, 44 anos, atirou e matou a esposa Lisandra Lazaretti Driemeyer, 45 anos, o filho Enzo Lazaretti Driemeyer, 14 anos, a mãe Delci Driemeyer, 79 anos, e a sogra Geraldina Lazaretti, 81 anos. Depois, ele tirou a própria vida. Havia a suspeita de que as vítimas tivessem sido drogadas antes do crime. O delegado Rodrigo Pohlmann Garcia disse ainda que os tiros de chumbinho foram mesmo com uma espingarda de caça. A arma foi recolhida na cena do crime. O titular da 4ª DHPP afirmou ainda que a motivação do crime cometido pelo empresário foi “uma somatória” de fatores. Ele citou, como exemplo, a situação financeira do autor do crime e o falecimento do sogro. Fonte: Correio do Povo

Ministério da Saúde confirma 8º caso de varíola dos macacos no país

O Ministério da Saúde foi notificado sobre o oitavo caso registrado no Brasil do vírus monkeypox, conhecido como varíola dos macacos O paciente é um homem de 25 anos, morador de Maricá, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Ele não viajou para o exterior, mas teve contato com estrangeiros. Fonte: Agência Brasil

Primeiro brasileiro diagnosticado com varíola dos macacos recebe alta e deixa hospital em SP

O primeiro brasileiro diagnosticado com a varíola dos macacos recebeu alta médica e deixou o Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo, na manhã desta segunda-feira (20), depois de quatorze dias de isolamento. Anderson Ribeiro tem 41 anos e é gerente de Produtos e Projetos de Recursos Humanos em uma empresa na capital paulista. Ele teve os primeiros sintomas da doença no final de maio, quando retornou ao Brasil após uma viagem à Europa. Fonte: G1

Ministério da Saúde confirma 4ª dose contra Covid-19 para público acima de 40 anos

O Ministério da Saúde ampliou a quarta dose contra a Covid-19 para pessoas acima de 40 anos. Em transmissão nesta segunda-feira, a pasta apresentou um balanço de imunizados contra a doença no Brasil. Segundo o governo, o intervalo entre as doses de reforço permanece de quatro meses entre uma e outra, e as vacinas recomendadas para reforço são AstraZeneca, Pfizer e Janssen. Até o momento, o governo federal havia liberado a quarta dose de vacinação para pessoas acima dos 50 anos, além de imunossuprimidos e trabalhadores da saúde. Fonte: Correio do Povo

Média móvel de mortes por Covid completa 13 dias de alta no RS

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) do Rio Grande do Sul informou um óbito por Covid-19 nesta segunda-feira (20). Com esse registro das últimas 24h, o estado soma 39.851 vítimas do coronavírus. A vítima em questão é uma mulher de 59 anos de Pelotas, no Sul do estado. A taxa de letalidade do coronavírus, de acordo com a SES, é de 350,3 vítimas a cada 100 mil habitantes do estado. A média móvel de óbitos da última semana é de 17 vítimas da doença a cada dia. Houve aumento de 240% em relação com a média de 14 dias atrás, quando o índice era de cinco óbitos diários. São 13 dias consecutivos de alta na medição. Todavia, a grande diferença é justificada pelo período sem notificações no estado, há cerca de duas semanas, por manutenção do sistema do Ministério da Saúde. Fonte: G1

Guerra na ucrânia fez 7,7 milhões de pessoas deixarem o país

O Ministério do Interior da Ucrânia informou nesta segunda-feira (20), quando é celebrado o Dia Mundial do Refugiado, que 7,7 milhões de pessoas deixaram o país desde 24 de fevereiro, quando foi iniciada a invasão russa. Os dados atualizados até a última quinta-feira (16), que foram divulgados através da conta da pasta no Telegram, estão baseados em estatísticas da Organização das Nações Unidas.Dos 7,7 milhões de habitantes que deixaram o território ucraniano, 2,5 milhões retornaram, ainda de acordo com o Ministério do Interior. Fonte: R7

Petrobras nomeia Fernando Borges como presidente interino

A Petrobras informou nesta segunda-feira (20) que o presidente do Conselho de Administração da estatal nomeou como presidente interino da companhia o diretor executivo de exploração e produção, Fernando Borges, até a eleição e posse do novo presidente, como prevê o estatuto da empresa. Mais cedo, José Mauro Coelho pediu demissão do cargo de presidente da empresa e renunciou ao cargo de membro do Conselho de Administração da Petrobras. Fonte: Agência Brasil

Após polêmica, Eduardo Leite abre mão de pensão

Depois da polêmica envolvendo a pensão recebida como ex-governador, Eduardo Leite (PSDB) anunciou nesta segunda-feira que abrirá mão do subsídio. Em um vídeo divulgado nas redes sociais, o atual pré-candiato ao Piratini pelo PSDB afirmou que “não considera antiético, imoral ou ilegal”, o benefício. Mesmo assim, ele disse desistir de receber os valores para evitar “narrativas falsas e mal intencionadas”, além de “ataques pessoais”. “Abro mão para que todo o foco do debate, do nosso lado, esteja no que já fizemos e no que queremos fazer para o Rio Grande e para os gaúchos”, afirma na legenda da postagem. Fonte: Correio do Povo

Produção e apresentação: Rita de Cássia

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui