Vizinhos denunciaram agressões e humilhações de Dr. Jairinho

Em junho de 2019, relatos davam conta de xingamentos e barulhos de objetos sendo quebrados


0
Foto publicada em 6 de abril de 2021 -> no site: br.noticias.yahoo.com

Cinco anos depois de Ana Carolina Ferreira Netto registrar uma ocorrência policial por lesão corporal contra o então marido, Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho, vizinhos da dentista denunciaram que ela e a filha do casal, uma adolescente, sofriam “violências, humilhações, insultos e ofensas” por parte do vereador do Rio.

Uma ligação para a Central de Atendimento à Mulher (Ligue 180), em junho de 2019, dava conta de que moradores do condomínio onde os três viviam, na Barra da Tijuca, ouviam xingamentos e barulhos de objetos sendo quebrados no apartamento da família. O político é investigado no inquérito que apura a morte de seu enteado, Henry Borel, de 4 anos, levado já sem vida a um hospital particular no último dia 8.

O advogado André França Barreto, que representa o parlamentar, informou que ele nega qualquer tipo de violência doméstica. “Havia muitas brigas verbais, ocasionadas, inclusive, pela perseguição de uma ex-namorada ao casal. A própria filha foi ouvida no Conselho Tutelar e desmentiu qualquer narrativa que envolvesse agressão física, psicológica, afetiva, emocional do pai à mãe e/ou vice-versa”, defendeu.

Esta semana, a Polícia Civil espera concluir o trabalho de recuperação de mensagens que foram apagadas de um celular de Jairinho após a morte de Henry. O aparelho foi apreendido.

Fonte: O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui