Vladimir Putin disse que o lançamento dos mísseis agrediu um Estado soberano e representa “um golpe nas relações da Rússia com os Estados Unidos”


0
Foto: Divulgação

Líderes mundiais repercutiram hoje (7) o lançamento de 59 mísseis, pelos Estados Unidos, contra a base militar do governo da Síria nessa quinta-feira (6). A Rússia repudiou fortemente, enquanto a França, a Alemanha e Israel apoiaram o ataque.

Segundo o presidente norte-americano, Donald Trump, a ação foi uma resposta ao ataque químico lançado no começo da semana pelo Exército sírio. Em comunicado, o presidente russo, disse que o lançamento dos mísseis agrediu um Estado soberano e isso representa “um golpe nas relações da Rússia com os Estados Unidos”.

Na noite dessa quinta-feira (6), Donald Trump fez um pronunciamento, após o anúncio do ataque, e conclamou os países que se unam aos Estados Unidos para lutar contra o que chamou de derramamento de sangue inocente na Siria.

Fonte: Radio Guaíba

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui