Voos nos EUA são cancelados em meio ao aumento de casos de covid

Somente nesta véspera de Natal, Delta e United vão deixar de realizar mais de 200 viagens que estavam programadas


0
Todos os voos entre os dois países foram suspensos nesta terça-feira devido ao agravamento da pandemia da Covid-19 | (Foto: Philippe Lopez / AFP / CP)

Duas das maiores companhias aéreas dos Estados Unidos, United Airlines e Delta Air Lines, cancelaram mais de 200 voos nesta véspera de Natal, em meio ao avanço da variante Ômicron do coronavírus que afeta suas tripulações e outros trabalhadores. A United, com sede em Chicago, cancelou 120 voos programados para esta sexta-feira (24), enquanto a Delta, com sede em Atlanta, disse que cancelou cerca de 90.

Ambas disseram estar trabalhando para contatar passageiros para que não fiquem presos nos aeroportos. “O aumento nacional de casos da Ômicron esta semana teve um impacto direto sobre nossas tripulações de voo e as pessoas que dirigem nossa operação. Como resultado, infelizmente, tivemos que cancelar alguns voos e estamos notificando os clientes afetados com antecedência sobre sua vinda para aeroporto “, disse United.

A Delta disse que “esgotou todas as opções e recursos – incluindo redirecionamento e substituições de aeronaves e tripulações para cobrir voos programados – antes de cancelar cerca de 90 voos para sexta-feira”.A companhia ainda citou problemas meteorológicos e o impacto da nova onda de Covid-19 para justificar a decisão. Na terça-feira (21), o presidente-executivo da Delta, Ed Bastian, pediu ao chefe dos Centros para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos que reduzisse as diretrizes de quarentena para indivíduos totalmente vacinados que tivessem Covid-19, citando o impacto na força de trabalho da transportadora.

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui