Westfália decreta situação de emergência em razão da estiagem

Decreto foi assinado pelo prefeito Joacir Docena nesta quinta-feira (6)


0
Foto: Divulgação

Pelo terceiro ano consecutivo, o verão chega acompanhado de temperaturas extremamente altas e chuvas abaixo das médias previstas, prejudicando diretamente a produção primária. Em Westfália, as previsões climáticas para os próximos meses já ascenderam o alerta no final de 2021 e, a partir de então, profissionais da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, acompanhados da Emater/RS-Ascar, passaram a acompanhar o cenário que se desenhava.

Nesta quinta-feira (6) o prefeito Joacir Antônio Docena assinou o decreto que declara situação anormal provocada pela estiagem e caracterizada como situação de emergência no município de Westfália. O decreto tem a validade de 180 dias e considera que a situação afeta toda a extensão do Município, em especial o setor primário, interrompendo o abastecimento de água em várias propriedades, as quais são guarnecidas por nascentes e/ou poços artesianos, afetando a agricultura e a pecuária.

Até o momento, a agricultura apresenta sérios e substanciais prejuízos, que tendem a agravar-se caso a situação de estiagem persista. Estima-se que 1.700 munícipes já sofrem prejuízos de ordem social e econômica em virtude da estiagem.

Para amenizar a falta de água nas localidades, uma realidade que persiste durante meses, o Município segue direcionando cargas d’água às associações comunitárias por caminhões-pipa. “Nossos servidores não têm medido esforços para que as comunidades estejam com água. O trabalho de abastecimento é diário e precisa ser reconhecido”, ponderou o prefeito de Westfália, Joacir Antônio Docena.

O chefe do Executivo westfaliano coloca o poder público à disposição da comunidade. “A produção das nossas propriedades rurais já foi afetada com toda esta situação, sem dúvidas. Mas nós estamos ao lado dos nossos produtores e jamais os deixaremos desassistidos. Contem com o poder público para o que for necessário”, completou.

Estimativa de perdas

Junto ao Decreto Municipal nº 01, de 06 de janeiro de 2022, está anexado um levantamento de perdas do município de Westfália, desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e Emater/RS-Ascar. Nele, consta uma estimativa das perdas que o Município poderá ter:

– Cultura do milho – modalidade grãos: área de 150 hectares implantada com produtividade estimada em 7.200 kg/há. Pela estiagem, redução de estimados 60% na produtividade, representando um prejuízo aproximado de R$ 972.000,00;

– Cultura do milho – modalidade silagem: área de 950 hectares implantada com produtividade estimada de 45 toneladas por hectare. Com os efeitos da estiagem, redução de estimados 60% na produtividade, representando um prejuízo aproximado na ordem de R$ 7.695.000,00;

– Cultura da soja: área de 50 hectares implantada com produtividade estimada na ordem de 3.000 kg/há. Por enquanto, não é possível avaliar as perdas econômicas nesta cultura;

– Bovinocultura de leite: atividade desenvolvida em 352 estabelecimentos rurais que amarga uma redução na produtividade na ordem de 10% nos meses de novembro e dezembro de 2021, representando um prejuízo acumulado de aproximadamente R$ 587.420,00 até o momento. Estima-se o incremento do custo de produção nesta atividade na ordem de 35%, além dos 60% já estimados em períodos de normalidade climática;

– Avicultura de corte: nesta atividade, há 122 propriedades rurais envolvidas e pode-se afirmar que em 30% destas há problemas de abastecimento;

– Suinocultura de corte: atividade desenvolvida em 83 propriedades rurais. Estima-se que em 35% dos produtores há problemas de abastecimento. Agora a região chega a um total de 21 municípios que anunciaram problemas decorrentes da estiagem. Dos quais Lajeado, Bom Retiro do Sul, Progresso, Nova Bréscia, Doutor Ricardo e Forquetinha emitiram alerta, Arroio do Meio, Anta Gorda, Santa Clara do Sul, Relvado, Sério e Pouso Novo decretaram racionamento de água. Roca Sales, Muçum, Colinas, Putinga, Capitão, Imigrante, Teutônia e Westfália decretaram situação de emergência. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui