Wuhan encontra rastros de coronavírus em carne congelada procedente do Brasil

Lote de 27 toneladas do produto foi isolado e colocado em área desinfectada


0
Foto: Tânia Rego / Agência Brasil / CP

A cidade chinesa de Wuhan anunciou nesta sexta-feira (13) que detectou rastros do novo coronavírus em três amostras retiradas de carne bovina procedente do Brasil. A carne estava congelada desde que chegou à China em agosto, procedente do Porto de Santos, o maior do Brasil. Em um primeiro momento, foi conservada em um depósito de Qingdao (nordeste) e depois em Wuhan (centro da China), e “não havia entrado no mercado”, afirmou a comissão de saúde da cidade em um comunicado. Desde a descoberta das mostras positivas na quinta-feira, o lote de carne bovina de 27 toneladas foi isolado, e a área de armazenamento, desinfectada.

A cidade de Wuhan “adotou rapidamente medidas de emergência que incluem o armazenamento lacrado de mercadorias, o isolamento dos funcionários e a desinfecção do local”, completa o texto. De acordo com a comissão, 112 funcionários do depósito foram testados, e todos apresentaram resultado negativo. Wuhan, capital da província de Hubei e onde foi detectado pela primeira vez o novo coronavírus – em dezembro do ano passado, antes da propagação para o restante do mundo -, pediu a seus habitantes que “não comprem alimentos importados congelados pela Internet e examinem com cuidado os relatórios de testes de ácido nucleico dos produtos antes de comprá-los”. O comunicado da comissão de saúde não cita nenhuma medida contra o exportador brasileiro, ou uma suspensão das importações.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui