Comunidade receberá orientações sobre inundações durante seminário em Muçum

Evento pretende trazer informações e aproximar pessoas com capacidade técnica da elaboração de estudos e projetos


0
Mateus Trojan (Foto: Gilson Lussani)

A Coordenadoria de Meio Ambiente de Muçum e a Defesa Civil do município promovem no dia 17 de fevereiro o seminário Inundações: Relatos, Estudos e Enfrentamento. O objetivo é trazer o debate sobre as cheias para a comunidade local e buscar orientar a população sobre as ações imediatas em casos de catástrofes naturais. O evento ainda tentará atrair pessoas que tenham capacidade técnica para avançar nos estudos sobre projetos que possam ser aplicados para a prevenção das enchentes.

O prefeito de Muçum, Mateus Trojan, concedeu entrevista ao programa Panorama desta segunda-feira (29) e relatou que o encontro irá proporcionar à população tirar dúvidas sobre situações envolvendo as cheias. Em paralelo, passar orientações de como agir nesses momentos. “Começar a criar estratégias para que a gente treine, para que a gente prepare as pessoas da cidade, para que elas possam saber lidar com situações extremas como foi o caso das inundações, principalmente a de setembro”, afirmou o chefe do executivo.

Trojan explicou ainda que é necessário que sejam elaborados projetos de toda a bacia hidrográfica Taquari-Antas, para posterior captação de recursos. Para isso, é preciso atrair pessoas que tenham capacidade técnica e possam acessar ferramentas e aplicativos para simulações e estudos. “A gente tecnicamente, e temos que ser sinceros em relação a isso, nós somos limitados para poder avançar neste assunto”, considerou o prefeito.

O seminário Inundações: Relatos, Estudos e Enfrentamento será realizado no dia 17 de fevereiro, a partir das 8h da manhã, no Restaurante Prato Pronto, no bairro Guaporé, Loteamento José Marcolin. O encontro é aberto ao público para sugestões e questionamentos, sem necessidade de inscrição prévia. O local tem capacidade para mais de 200 pessoas.

Repasse para o Hospital de Muçum

Mateus Trojan ainda falou sobre o repasse de R$ 2 milhões para o Hospital Beneficente Nossa Senhora Aparecida. O valor oriundo do Ministério da Saúde, será utilizado na compra de equipamentos básicos para os quartos da instituição. Além disso, para a aquisição de um raio X móvel e um equipamento que irá viabilizar exames de endoscopia e gasometria na própria casa de saúde.

Texto: Gilson Lussani
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui