Grupo Arco construirá prédio comercial de cinco andares no Alto do Parque

Espaço Josefina Eckert será erguido ao lado da sede do Grupo Independente, na Avenida Alberto Müller


0

O Grupo Arco Brasil iniciou um grande investimento no Bairro Alto do Parque, em Lajeado. O espaço Josefina Eckert, uma homenagem para a mãe do empresário Elvídio Elvino Eckert, sócio-proprietário e fundador do Grupo Charrua, terá uma área de 3,8 mil m², que vai do Grupo Independente até o prédio do Grupo Scapini. O ambiente que era utilizado pela empresa de ônibus Viasul foi adquirido pelo Arco Brasil.

O complexo terá cinco andares. A escavação está sendo realizada e até o final do ano, a estrutura deve estar com as lajes prontas. Na sequência, terá a parte hidráulica e a sanitária.

“Foram dez meses para construir o projeto. No primeiro subsolo terá um estacionamento com capacidade para 110 automóveis; no segundo subsolo poderá ser organizada uma academia ou uma série de outras coisas. O terceiro andar, que terá a parte térrea na Avenida Alberto Müller, será um grande salão que terá as divisões das salas comerciais estruturadas conforme a necessidade dos clientes. Neste e no andar seguinte poderá ter padaria, agência bancária, lojas, barbearias, institutos de beleza, entre outras opções. No último andar terá um restaurante numa área de 2.200 m²”, explica o empresário.

Senhor Elvídio idealizou o centro comercial (Foto: Elisangela Favaretto)

Conforme Eckert, ainda não tem empresas confirmadas para ocupar os espaços, mas já têm interessados. O prédio terá luminosidade nos quatro cantos, ventilação, gerador de energia e poço artesiano para abastecimento de água. A estrutura quer melhorar a mobilidade e diminuir o deslocamento das pessoas ao centro de Lajeado.

“Foi feita uma pesquisa com o pessoal da Univates em seis bairros e todos eles pediram as mesmas coisas para evitar o deslocamento ao centro da cidade”, relata.

As marcas que estão citadas nas imagens são meramente ilustrativas, não significa que elas irão se instalar no empreendimento.

Texto: Elisangela Favaretto
vitrinedenegocios@independente.com.br

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui