Prefeito estima cerca de mil famílias atingidas pelo temporal em Venâncio Aires

Além de quedas de árvores e postes, destelhamentos afetaram prédios públicos e residências


0
Diversos estragos ocorreram na área central de Venâncio Aires (Foto: divulgação)

O temporal que atingiu a região dos Vales na noite desta terça-feira (16) causou diversos estragos em Venâncio Aires. O prefeito, Jarbas da Rosa, participou do programa Panorama desta quarta-feira (17) e estimou que cerca de mil residências foram atingidas no município. Até o início da manhã, mais de 100 famílias já haviam retirado material para cobrir as casas destelhadas pelo vendaval.

Desde a madrugada desta quarta, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e servidores da prefeitura trabalham para desobstruir as vias da cidade e do interior. Centenas de árvores, dezenas de postes e redes de alta tensão caíram, deixando inúmeros pontos sem energia elétrica, inclusive em prédios públicos.

Também foi afetado o Hospital São Sebastião Mártir, onde marquises e aparelhos de ar condicionado caíram, danificando veículos de três funcionários. Houve infiltração em um setor da casa de saúde e 10 pacientes precisaram ser transferidos para outras alas. A Secretaria de Obras teve três prédios destelhados. A sede da Prefeitura de Venâncio Aires teve vidros quebrados. O prédio do Corpo de Bombeiros foi atingido com destelhamento parcial. Uma escola do município ainda foi parcialmente destelhada.

Jarbas da Rosa explicou que até o fim do dia o levantamento completo dos estragos deve ser divulgado. Isso auxilia o decreto de situação de emergência que está sendo elaborado pela administração municipal. A estimativa é que cerca de mil residências tenham sido afetadas pelo temporal em Venâncio Aires. Até o início da manhã, 140 famílias já haviam retirado material para cobrir as casas destelhadas.

Os bairros mais afetados foram o Centro, Gressler, Aviação, Bela Vista e Santa Tecla. No entanto, o prefeito relatou que o interior também foi muito atingido pelo vendaval da noite desta terça-feira (16). Uma nota oficial foi divulgada pela prefeitura.

Texto: Gilson Lussani
web@independente.com.br

Nota oficial
Venâncio Aires contabiliza estragos e encaminha decreto de emergência

Com avarias em praticamente todos os bairros da cidade e também no interior, Venâncio Aires amanhece contabilizando os estragos do temporal na noite da terça-feira (16). São casas, empresas, estabelecimentos comerciais, prédios e espaços públicos com danos e perdas materiais. Entre os principais danos até agora, estão destelhamentos, quedas de postes e fios de energia elétrica, árvores arrancadas, toldos e placas de identificações comerciais destruídas e sinalização de trânsito danificada. Acompanhamento a situação desde o momento do vendaval, o prefeito Jarbas da Rosa, reuniu-se logo cedo nesta quarta-feira (17) com secretários municipais para encaminhamentos das principais demandas do dia e definição do encaminhamento do Decreto de Emergência.

Até o começo desta manhã, mais de 140 famílias, de acordo com a Defesa Civil já foi em busca de lonas para cobrir suas casas, inclusive o município esteve em Lajeado junto a central da Defesa Civil para buscar lonas e distribuir na Capital do Chimarrão. Durante a madrugada, máquinas trabalharam para desobstruir vias que tiveram o trânsito interrompido por árvores e galhos derrubados pelos ventos. Muitas casas permanecem sem energia elétrica e abastecimento de água. A concessionária de luz fez o corte emergencial na noite de ontem, tendo em vista que postes foram derrubados e havia muito fios de energia em via pública. Aos poucos a luz está sendo reestabelecida. Já a Corsan/Aegea está providenciando geradores para ajudar a retornar com o serviço de abastecimento de água ao longo desta quarta-feira.

Com relação a números de desabrigados, a Defesa Civil ainda não teve registros. “O que nos chegou foram alguns relatos de pessoas que tiveram suas casas totalmente destelhadas e que foram alojadas em casas de familiares ou amigos”, afirma o coordenador da Defesa Civil, Luciano Teixeira.

Na região central, a em grande parte da rua Osvaldo Aranha, diversos estabelecimentos comerciais com danos em suas fachadas, vitrines e coberturas. A praça Henrique Bender teve muitas muitos galhos destruídos e árvores caídas. Na praça Coronel Thomas Pereira, também alguns registros de quedas de árvores. Nos bairros, há registros de danos em todas as localidades, com destaque para os bairros Aviação, Bela Vista, Santa Tecla, Gressler, São Francisco Xavier, Brígida, Brands, União, Morsch e Coronel Brito.

No interior, os registros mais intensos são de vias interrompidas e a orientação, conforme o prefeito Jarbas é para as capatazias trabalharem com a remoção desses entulhos das estradas e assim que o trânsito for liberado que essas equipes ajudem as regiões vizinhas que precisarem ou que venham para região central, colaborar com as demais equipes.

Escolas públicas e unidades de saúde do município também sofreram avarias. A orientação é que as pessoas evitem deslocamentos desnecessários e que procurem informações antes de buscar os serviços. O WhatsApp da Prefeitura é o 9910-9500 que pode orientar nesse sentido. Já quem precisar de lonas pode entrar em contato com a Defesa Civil é o (51) 93505-5953 e pelo telefone 193 é possível contato com o Corpo de Bombeiros.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui