Marcelo Caumo defende a criação da Guarda Municipal para evitar a escalada de pequenos delitos em Lajeado

Projeto tramitou na Câmara de Vereadores em 2023 e foi arquivado no fim do ano


0
Foto: Tiago Silva

A Prefeitura de Lajeado quer retomar a discussão sobre a transformação dos agentes de trânsito em guardas municipais com poder de polícia para atuação em pequenos delitos, em matéria de segurança pública. O projeto, que tramitou na Câmara ao longo de 2023, foi arquivado no fim do ano. “Nós pedidos o desarquivamento desse projeto e depende da análise dos vereadores”, explica o prefeito Marcelo Caumo, em entrevista ao programa Troca de Ideias desta sexta-feira (9).

“Nós entendemos, como Executivo, que é um projeto que vem sendo debatido e discutido. Ele foi apresentado no ano passado, e nós entendemos que está num momento de decidir. É uma decisão de cidade”, entende.

“Se os vereadores entenderem que não é um momento oportuno, tudo certo. Eu, particularmente, entendo que a Guarda Municipal tem um papel muito importante. O Pacto Lajeado Pela Paz trouxe isso. A guarda é importante para os pequenos delitos. A gente não pode permitir a escalada dos pequenos delitos porque eles acabam se tornando delitos de média complexidade e, depois, acabam produzindo um grande delito”, argumenta.

“Por isso a conjugação entre todas as forças policiais é fundamental para a segurança da cidade. Esse é o meu argumento para sustentar o projeto da Guarda Municipal, e aguardamos, então, que esse debate de cidade seja retornado”, destaca.

“Se não for aprovado, o serviço do Departamento de Trânsito segue sendo executado como vem sendo até hoje com os agentes de trânsito, mas com uma atribuição um pouco limitada nos pequenos delitos”, pontua o prefeito. “A Guarda Municipal gera uma ampliação das atividades dos agentes de trânsito que forem habilitados como guardas municipais para estar agindo no maior número de pequenos delitos”, explica.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui