Unimed forma primeira turma de startups no ramo de inovação na área da saúde

Foram 12 participantes no processo de aceleração do Vibee com duração de seis meses e graduação finalizada em encontro virtual na manhã desta quarta-feira (7), em Lajeado


0
Encontro ocorreu no espaço Vibee com apresentação de Rafael Zanatta (Foto: Gabriela Hautrive)

Desenvolvido pela Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo (VTRP), o Vibee busca identificar novas oportunidades na área da saúde, com o objetivo de conectar startups, mentores de negócio e profissionais por meio de um processo de aceleração. Após seis meses, com início em outubro de 2020, o projeto formou nesta quarta-feira (7) sua primeira turma na “Graduação do Batch #1 Vibee” com 12 startups participantes, sendo uma de Lajeado e as demais de Porto Alegre, Paraná, Minas Gerais, São Paulo e Rio Grande do Norte. O encontro aconteceu de forma online por conta da pandemia, sendo transmitido ao vivo pelo YouTube. 


OUÇA A REPORTAGEM 


Gestor do Vibee, Rafael Zanatta (Foto: Gabriela Hautrive)

Conforme o gestor do Vibee, Rafael Zanatta, o momento foi indescritível, pois fecha um primeiro ciclo de aceleração das startups. “Em abril do ano passado, quando começamos a estruturar esse programa, tínhamos inúmeros sonhos e imaginávamos o que poderia ser, mas ver se materializando é realmente ver um sonho se tornando realidade”, relata. O gestor reforça que o programa possibilita o contato das startups com profissionais médicos da Unimed e mentores para refinar e melhorar cada vez mais o negócio e oferecer novas opções de atendimento para o mercado.

“A gente costuma dizer que queremos estar sempre à frente, independente do que está acontecendo hoje. Temos startups trabalhando com inteligência artificial, temos uma que criou um dispositivo para medir troponina quando a pessoa está tendo um infarto, sendo que um exame para isso demora uma hora e com o equipamento apenas 8 minutos”, explica. Um dos projetos participantes é lajeadense, a Lica Health – Sistema para busca/agendamento de consultas e gestão das informações do paciente com armazenamento dos exames em nuvem, criado pelo médico Carlos Sandro Pinto Dorneles e pela ex-vereadora Mariela Portz Dorneles com demais integrantes da equipe.

Ex-vereadora de Lajeado, Mariela Portz Dorneles, representou a Lica Health (Foto: YouTube / Reprodução)

Segundo Mariela, o processo de formação é um desafio para colocar pessoas e ideias diferentes em um mesmo espaço falando de novas apostas e ações. “Para nossa startup fez muita diferença e sei que para Unimed também, pois fizemos dezenas de reuniões com diferentes gestores da cooperativa, pois foram horas de conversas e de muito crescimento”.

 

Raul de Macedo Queixada representante da Cor.Sync do Paraná (Foto: YouTube / Reprodução)

Uma outra empresa, com sede no Paraná, é a Cor.Sync, que trabalha com a solução para o diagnóstico do infarto no atendimento de emergência hospitalar através de equipamento que mede os níveis de troponina.Conforme um dos fundadores, Raul de Macedo Queixada, foi muito enriquecedor fazer parte do processo de formação.

 

Presidente da Unimed VTRP, Neori José Gusson(Foto: YouTube / Reprodução)

“É fora da curva, eles conseguiram mobilizar quase todos os cargos de gestão, de liderança, muita gente do operacional, muitos médicos, que pararam para fazer inovação”. Conforme o presidente da Unimed VTRP, Neori José Gusson, os resultados obtidos mostram o quanto o Vibee é importante para o desenvolvimento das startups. “Esse momento pode ser resumido com criar histórias, mas assim de tudo, criar o futuro, pois é uma arte, uma ciência e um desenvolvimento trabalhado nas pessoas e nas equipes”, pondera. A formação das startups durou seis meses em trabalhos que funcionaram juntamente com os profissionais da Unimed e do Vibee.

As 12 selecionadas receberam inicialmente um diagnóstico individual para avaliar quais eram seus gaps (problemas) que precisavam ser superados e, na sequência, cada startup contou com as mentorias, capacitações e relacionamentos com a rede de saúde. O nome do espaço “Vibee” nasceu da união de duas palavras: vibe (vibração, em inglês) e bee (abelha, também em inglês). A abelha é um dos símbolos do cooperativismo e representa também, na natureza, um importante agente de fertilização, pois poliniza flores nos locais onde passa. O espaço físico do Vibee fica localizado na sobreloja da sede da Unimed VTRP, em Lajeado. A gestão do espaço e dos projetos é realizada por Rafael Zanatta, ex-secretário de Planejamento e Urbanismo.

Startups graduadas

Categoria Vibee Start

Lica Health – Sistema para busca/agendamento de consultas e gestão das informações do paciente com armazenamento dos exames em nuvem;

Biotimize Soluções em Bioprocessos – Produção de insumos para kits de diagnóstico;

Dl4Med Inteligência Artificial Para Medicina LTDA – Tecnologia para verificar se a mama está corretamente posicionada no momento da mamografia;

Meu Cuidador – Marketplace de cuidadores profissionais para pessoas em casa;

Magic Care – Sistema focado em clínicas médicas para que todas as informações do paciente estejam digitalizadas e acessíveis por tablets;

VanellusRad – Dosímetro de radiação que informa a dose de radiação absorvida pelo profissional durante o dia;

Dod – Inteligência Artificial – Utilização de câmeras e sensores térmicos para monitoramento a partir de inteligência artificial

Categoria Vibee Go

SimpleID – Soluções para identificação biométrica (facial e impressão digital);

Cori – Plataforma para monitoramento constante dos pacientes fragilizados;

3fy– Plataforma online para gestão do plano de saúde empresarial;

Cor.Sync – Solução para o diagnóstico do infarto no atendimento de emergência hospitalar através de equipamento que mede os níveis de tropomina em até 10 minutos;

Fix it – Soluções inovadoras e personalizadas em imobilização articular utilizando a manufatura da impressão 3D com polímero próprio.

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui